Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A polémica da viagem de finalistas

Como toda a gente já ouviu em trezentos e vinte e sete sítios diferentes, as viagens de finalistas típicas por esta altura do ano voltaram a dar confusão. Quanto aos motivos que estão na base destes comportamentos, aos padrões de educação de hoje em dia e mais uma série de questões sociológicas que se colocam não me vou pronunciar. Já muito foi dito sobre isso e eu não quero tornar este espaço um sítio chato, que obriga as pessoas ao final de um longo dia de trabalho a terem um raciocínio crítico sobre algo. Apenas vou partilhar convosco o discurso de um jovem exibido ontem num dos jornais da noite, em que a mente iluminada proferiu orgulhosamente o seguinte discurso:
- "Já ando cá à 3 anos e sempre correu tudo bem"
Pois... se calhar o que não corre tão bem é tu já seres finalista à 3 anos consecutivos...
E posto isto, vou chorar um bocado, bater com a cabeça contra a parede e pensar porque é que eu não aproveitei a vida de estudante como deve ser. Se o tivesse feita, a esta…

Alguém me ensina como acertar o relógio interno?

Ando há mais de uma semana a acordar todos os dias antes das 6.30h da manhã. Isto até não seria grave se tivesse um propósito, mas não! Simplesmente chego aquela hora e abro a pestana! Não é porque o despertador toque, não é porque tenho nada que me ande a tirar o sono, não é porque haja barulho a essa hora que me faça acordar é simplesmente porque não consigo dormir mais, independentemente da hora a que me deite.
Já experimentei ir para a cama mais tarde e o cenário é o mesmo, com a agravante que depois ando o dia todo a arrastar-me (ainda mais). E isto chega a ser frustrante. Durante a semana uma pessoa quer aproveitar todos os minutos antes de o despertador tocar para estar fresca que nem uma alface todo o dia, a trabalhar de forma concentrada e com rendimento. Ao fim-de-semana queremos dormir como uma preguiça e dar-nos ao luxo de não ter hora marcada para sair da cama, para depois ter energia suficiente para aproveitar o fim-de-semana, fazer programas diferentes, estar com os am…

I love style

Adoro, adoro, adoro!
Alguém sabe onde se posso comprar um vestido igual a este? #ginghamstyle

O vazio das séries

Quem gosta de devorar séries certamente me entende.  Detesto aquele sensação que fica quando acabamos de ver uma série muito boa, com algumas temporadas e muitos episódios e depois vemo-nos obrigados a procurar outra série para preencher o vazio.
Desde que acabei "How to get away with murder" que ando assim para o perdida, a ver "séries às pinguinhas". Basicamente é pegar numa série nova e ver para ver até que ponto me prende. Já vi algumas boas desde então ("Westworld" e "Taboo") mas têm o problema de só ter ainda uma temporada. Por isso rapidamente estou no mesmo dilema: o que ver agora?
Para já, e até descobrir uma série assim para lá de espetacular (com muitos episódios e temporadas) e enquanto as 573 que sigo não lançam episódios novos, comecei a ver "13 Reasons why".
Esta série conta a história de uma adolescente que se suicidou, mas antes de o fazer deixa uma série de gravações em cassetes dirigidas às pessoas que motivaram a s…

IRS

Aquele assunto chato que sabes que te vai deixar mal disposta porque, como trabalhadora independente todos os anos pagas uma pequena fortuna atendendo à miséria que ganhas. 
Pior mesmo só quando a contabilista me diz "o valor que tu faturas por ano, se fosse um contrato por conta de outrem, aquilo que vais pagar era aquilo que irias receber". É sempre bom saber que, para além de não ter direito a nada como trabalhadora independente, sou novamente penalizada na hora de fazer o IRS.
E pronto, por esta altura do ano costumo andar assim, na azia por causa do IRS! (e eu ainda não fiz o IRS deste ano, mas já estou a antecipar o cenário)
Anda uma pessoa a tentar poupar uns trocos o ano todo para depois chegar a esta altura do ano e levar com um balde de água fria.

O meu estômago bate palminhas

Finalmente encontrei as stroopwaffles! yeahhhhhhhh
Após entrar em nove estabelecimentos comerciais de propósito à procura destas bolachas, depois de ter posto uma amiga em alerta à procura destas bolachas, depois de ter posto o namorado e a irmã na internet a fazer pesquisas à procura, encontrei um único pacote perdido nas prateleiras do Continente. Já tinha ido àquele continente na semana anterior e nada de bolachas mas desta vez encontrei um único pacote ao qual me amarrei logo como se fosse a última coca-cola no deserto! 
Não sei o que me levou a entrar novamente naquele hipermercado; já lá tinha estado e inclusive, a funcionária a quem pedi ajuda na altura disse-me que nunca tinha visto sequer aquelas bolachas e nem tinham em armazém, por isso possivelmente era produto descontinuado. Mas a persistência (e a gula) levaram-me a não desistir.


PS: Estas bolachas do Continente não são tãaaaao boas como as que comi na Holanda mas ficam lá perto. E entre ir novamente à Holanda buscar bol…

Esta semana estamos assim #62

O dilema é sempre o mesmo na hora de ir tratar das unhas: que cor escolher para os próximos dias? Desta vez a dúvida foi dissipada rapidamente quando a técnica me disse que tinha uma cor nova e me mostrou qual era.
Aprova ou nem por isso?

Instagram

Blogs que leio