Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta Outono

Chegou o Outono

Eu sei que no calendário o Outono já começou à algum tempo, mas para mim, lá no meu íntimo, o Outono só começou hoje. O que por um lado é estranho porque, lá no meu íntimo, o Verão já tinha acabado há muito tempo. Estava assim numa espécie de estação desconhecida em que o tempo já não é de Verão mas ainda é bom demais para já ser Outono. Mas hoje chegou o frio, o dia cinzento e... a chuva! Entramos efetivamente no Outono. Até hoje era uma espécie de limbo, uma cena diferente. A partir de hoje é oficial: chegou o Outono. Já não dá mais para andar de sandálias, blusas fresquinhas e tecidos leves. Já não dá para sair de casa sem um casaco e pensar se será preciso o guarda-chuva. Já sabe bem uma mantinha enquanto estamos no sofá.

Último dia de Verão

E estranhamento, muito estranhamente, este ano não me está a custar tanto aceitar que o Outono está quase ai a chegar. Todos os anos chego ao início de Setembro e já começo a ter saudades do que ainda não acabou sequer, começo logo a antecipar a ausência de sol e dias quentes e fico logo com humor de gente deprimida. Chega ao início de Setembro e fico possuída, tento aproveitar todos os raios de sol, aos fins-de-semana se houver sol é para trabalhar para o bronze e o ter de usar uma peça de roupa mais quente ou calçado mais "fechado" é tarefa dolorosa.  Mas este ano, e estranhamente estou serena com o fim do Verão. Contínuo a detestar a ideia de que os dias vão ficar frios, vão ficar mais curtos, o sol vai desaparecer (e a chuva dar o ar da sua graça) e a vontade de andar na rua vai diminuir. Mas talvez por este ano termos tido um Verão atípico, com temperaturas absurdamente quentes, estes dias mais amenos tem sido bem-vindos e tem sabido bem. Mas também sei que assim que c…

Bálsamo labial Kelyane HD - Ducray

Com o Verão a dar as últimas, à que começar já a pensar na próxima estação. E isso não significa só pensar no guarda-roupa mas também nos nossos cuidados diários. Por isso, e como os meus lábios ficam facilmente gretados e com cieiro a aposta para este inicio de Outono recaiu sobre o bálsamo da Ducray - Kelyane HD.

Estou a usar há uma semana e estou a adorar. Deixa os lábios super hidratados, é fácil de espalhar e não tem sabor (o que para mim acaba por ser melhor porque, por vezes, dou por mim a lamber os lábios só por causa do sabor do batom ou do bálsamo). Este produto vende-se quer em farmácias quer em alguns sites de produtos de beleza e o preço, embora possa variar, pelo que pesquisei anda à volta dos 7€.

Tudo a postos

Está toda a gente a falar que os próximos dias vão ser um gelo, que o frio vem ai em toda a sua força, para tomarmos precauções especiais e blablabla. Pela parte que me toca, que venha ele que eu já tenho os casacos que me deixam tipo boneco Michelin todos à vista, os cachecóis que mais parecem mantas do sofá ali prontinhos para verem a luz do dia e as luvas todas entusiasmadas para saírem à rua! Antes o frio do que a chuva!

Observações no regresso a casa

O que se passa com as pessoas que andam todas tolas a fazer fogueiras como se não houvesse amanhã? Hoje no regresso a casa perdi a conta ao número de fogueiras/fumo que vi nos campos ao pé das estradas. Tudo o que era campo/quintal lá tinha a sua fogueirinha.  Mas é dia nacional das fogueiras ou algo que o valha e eu não sei? Se for avisem-me que eu vou já para o jardim fazer uma fogueira e uma dança qualquer em homenagem a alguma coisa simbolizada pelas fogueiras. Eu bem digo que o Outono não faz bem a ninguém, anda tudo tolo!

Do not disturb

Dizem que já estamos no Outono. Por cá continuamos a rejeitar essa ideia e a viver como se continuássemos no Verão -  tarde estendida ao sol a aproveitar todos os raios de sol, a ler um livro, e mais logo à noite, serão com os amigos. Deixa-me é colocar um casaco para logo à noite que aqui pelo Norte a diferença de temperaturas entre o dia e a noite é abismal (para hoje são "SÓ" 16 graus de diferença!).
Bom fim-de-semana

Nãaaaaaaaaaaaaaaaao

Vou fazer birra.  Não quero já o Outono.
Não quero já as manhãs e os fins de dia frios. Não quero já as ruas cobertas de folhas caídas. Não quero já as esplanadas vazias à noite. Não quero já que desapareçam os cartazes de gelados em cada esquina. Não quero já que desapareçam as roupas leves e frescas. Não quero já que seja escuro às oito da noite. Não quero já ter de arrumar as sandálias na parte de trás do armário. Não quero já ter de pôr um casaco no carro antes de sair de casa... Nota-se muito que não gosto nada desta transição?

Olá sol

Segunda-feira vestida de sol é começar a semana com outro ânimo. É fintar a segunda-feira e vestir o nosso melhor sorriso. É ter a energia dos dias de calor em pleno Outono, ter novamente sabrinas nos pés e braços desnudos para abraçar uma semana que promete ser de sol. Só faço figas é para que esta semana seja mais calma que a que passou e que tenha tempo para aproveitar este Verão de S. Martinho antecipado.

Dizem que de manhã é que se começa o dia

E o meu vai começar no ginásio. Não é que a vontade seja muita, mas não me apetece mais logo ao fim do dia ter de andar a correr para apanhar as máquinas livres. Já me esquecia que isto à noite no ginásio, depois do Verão,  é sete cães a um osso e quase me faz lembrar a Primark em tempo de saldos (para já não falar do caos no balneário feminino - o masculino não conheço nem faço questão - mas a "luta" por um chuveiro vago, por espaço à beira do cacifo (sem ter de estar com o traseiro de alguém quase colado à minha cara enquanto tento tirar as sapatilhas) ou por um dos 4 secadores disponíveis é coisa para me mexer com a paciência).

Vamos lá tirar o pó às echarpes

Está oficialmente aberta a época da echarpe. As manhãs e os fins de dia já são frescotes e já não dá para andar de t-shirt o dia todo. Solução? Um casaco fino e uma echarpe e está o problema resolvido. E o que eu gosto da versatilidade desta peça e do quanto consegue alterar um look.

Nem tudo é mau

Que eu não gosto do mês de Outubro isso já é um dado adquirido. Mas nem tudo é mau neste mês e há uma coisa que eu adoro: as castanhas! Tão bom! Assadas, cozidas, juntas à comida, à sobremesa, ao lanche... em qualquer altura e de qualquer forma. Mas sobretudo castanhas assadas (e o cheirinho de castanhas assadas na rua, nos dias frios e solarengos do Outono? Maravilha). E por aqui já se comem castanhas há muito. E nunca são de mais (será que a nutricionista precisa de saber disto?...).

Verão de São Martinho

Hoje o dia está a fazer jus à tradição e o sol apareceu para dar uma cor especial ao dia.  E parece que os próximos dias se vão manter assim.  Só falta mais logo a bela da castanha assada para festejar em grande o santo padroeiro aqui da aldeia.

Desabados de quem não gosta desta mudança de hora

Já não basta a deprimência que é mudar a hora, ainda tem uma pessoa que andar a acertar relógios de cada vez que anda com um diferente (sim, eu sei que se só tivesse um não se colocava esta questão mas uma pessoa não tem culpa de ser viciada em relógios e gostar de trocar com frequência). Havia de ser tudo como nos computadores e telemóveis que acertam a hora sozinhos e não havia mais chatices com isto.

E as folhas começaram a cair

As ruas já estão vestidas de folhas. De várias cores e feitios. Não sei se gosto desta imensidão de cores no chão ou se me dá uma certa nostalgia de ver as árvores a ficar despidas e nuas.
O Outono sempre foi um misto de sentimentos...

Nem tudo é cinzento e aborrecido

Embora não goste particularmente desta altura do ano e da transição do Verão para o Outono, sei reconhecer que há coisas muito belas nesta estação. E uma delas é ter o privilégio de sair do trabalho à noite, depois de um dia que não correu particularmente muito bem e ser brindada com um céu fantástico cheio de cores e padrões. Dá vontade de parar o carro e ficar a apreciar esta beleza da natureza. E a calma que este esse céu transmite...

Do oito ao oitenta

Isto é que foi uma transição apressada das sandálias para as galochas! Onde é que está a fase de andar de sabrinas, de sapatos e afins? Está bem que eu tenho dois pares de botas para estrear mas não havia necessidade de antecipar assim tanto a coisa.

A ver o lado bom da coisa

O único pensamento que me aquece a alma quando penso que já estamos no Outono é que isso é sinónimo de castanha assada!
Quando é que começa mesmo a época da castanha e das ruas ficarem inundadas pelo cheiro tão típico do desta maravilha?

Relato de um dia (tempo) chatinho

Não havia necessidade de o Outono começar logo com chuva. A habituação à nova estação já é difícil, então com este tempo é uma desgraça. Não podia somente começar a baixar a temperatura e os dias começarem a ficar mais curtos, mas manter-se o sol?  Ainda não estou preparada para deixar as sandálias no fundo do armário até ao próximo ano e voltar a calçar sapatos, botas e afins.Não sei onde está o guarda-chuva de tamanho pequeno que cabe dentro das malas e não me apetece ter um guarda-chuva grande como companhia. A juntar a todo este cenário cinzento, estive o dia todo em frente ao computador a fazer análise de dados. Um dia fantástico portanto.

Goodbye

Que depressão. Por mim não havia Outono. Não gosto desta estação (pelo menos a habituação a ela demora). Não gosto de perceber que os dias estão cada vez mais curtos, que a hora está prestes a mudar, que o calor se vai embora, que as noites quentes vão desaparecer, que os dias de sol na praia vão se transformar em dias de chuva e vento, que as folhas vão começar a cair e que os vestidos e sandálias vão ser trocados por calças e botas.
Vou absorver todos os minutos de calor e bom tempo, aproveitar ao máximo o sol quente que ainda se faz sentir. E porque ontem foi o último dia de Verão (pelo menos no calendário), lá fui eu despedir-me da praia. Um dia fantástico de sol, a praia quase deserta, a areia quente e um piquenique com o mar no horizonte. Que bela despedida. Até daqui a três estações.

Instagram

Blogs que leio