Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Fevereiro, 2015

Está marcado!

Viagem e alojamento reservados e agora é só controlar a excitação mais uns tempos. Finalmente vou conhecer uma cidade que já há muito, muito tempo queria visitar. Até lá entretenho-me a planear a viagem, a descobrir coisas para visitar, a pesquisar informação sobre a cidade, a pedir opiniões a quem já lá foi e a sonhar, sonhar com o dia em que aterre nessa cidade. Como eu adoro esta excitação de escolher um destino, marcar a viagem e ficar à espera que chegue o dia.

Tarte de coco

Com o fim-de-semana à porta deixo-vos uma receita deliciosa que fiz ontem. Estava-me a apetecer algo docinho e então, enquanto fazia o jantar, abri o frigorífico e as portas do armário, vi o que tinha por casa e o resultado foi esta tarte de coco.






Ingredientes Massa folhada 200 gr de coco ralado 1 lata de leite condensado magro 6 ovos 1 pacote de natas e acúcar
Preparação. Ligar o forno a 180º. Colocar a massa numa tarteira e com um garfo furar a massa e reservar.  De seguida, misturar o coco com o leite condensado e mexer. Depois misturar os ovos e voltar a mexer até estar tudo bem misturado. Verter este preparado na tarteira e levar ao forno (eu deixei 25 minutos, mas depende do forno. Quando estiver douradinho por cima está pronto. Para a próxima deixo menos tempo). Depois bater natas com o açúcar e umas gotinhas de limão até obter uma boa consistência. Espalhar por cima da tarte et voilá, está prontíssima para comer. Se tiverem mais paciência do que eu, podem ainda colocar raspas d…

Aqui está um passatempo interessante #41

Com o dia da mulher ai à porta, o blog Moda&Style está com um fantástico passatempo onde podem ganhar dois produtos da marca Mary Kay. Para se habilitarem a ganhar só tem de ir aqui, seguir as instruções e ficarem à espera de serem as sortudas. O passatempo termina a 8 de Março.
Boa sorte.

"Vamos só dar uma vista de olhos rápida àquela secção..."

Quando o vosso mais que tudo estiver numa grande superfície (tipo Media Markt, Leroy Merlin ou afins) e vos disser tal coisa desconfiem, nunca é só "uma vista de olhos rápida". É tipo quando nós dizemos que vamos ao shoping só para ir à loja x e que vimos logo embora (isso nunca acontece, segue-se sempre outra loja para ver se tem mais opções, para ver se os preços são muito diferentes, para ver se há novidades).
Posso dizer-vos que a última vez que entrei numa dessas lojas na companhia dele entrei lá uma leiga e sai de lá com doutoramento em lâmpadas e extensões eléctricas. Esteve uma eternidade a olhar para estas coisas como quem pára em frente a uma montra de bolos deliciosos e só pode escolher um. Mas o mais curioso foi quando lhe perguntei, assim como quem não tem intenção de estragar o momento "Mas estás a precisar de alguma dessas coisas?" ao que ele me responde simplesmente que não, que está apenas a ver o que há no mercado e que eventualmente há-de vir a …

Coisas de mulher

Gosto de ter as unhas grandes mas recentemente cortei-as bem pequenas (embora tenha a sorte de ficar com a unha grande mesmo que cortada rente ao dedo). Adoro ter as unhas pintadas e arriscar em cores diferentes, contudo (já) ando há uma semana sem as pintar (estou a dar algum descanso às unhas para não ficarem amarelas do constante uso de verniz). 
Este texto parece uma contradição mas o que é certo é que há uma semana em que as minhas rotinas no que a manicure diz respeito são um descanso: não tenho de estar sempre a retocar as unhas quando o verniz lasca, não tenho de ter cuidado para não partir unhas, não tenho de andar sempre com uma lima na carteira para quando parte uma unha.
Se vou estar muito tempo com as unhas pequenas e sem verniz? Não, não vou. Já conheço demasiado bem os meus gostos e até onde vão os meus limites para saber que mais dia, menos dia e o verniz volta a fazer parte da rotina (até porque acho bastante elegante olhar para as mãos de uma mulher e ver as unhas b…

E é isto

Dilemas no feminino logo para começar o dia.

Vamos falar de Óscares?

Não, não vamos falar de Óscares. A esta hora do dia já é um assunto recesso. Já estou atrasadíssima na matéria. Como diz o meu namorado "esse assunto em tempo de Internet já é do século passado". Apenas para dizer que, no final de contas, ganharam os meus preferidos. Só em relação ao melhor filme é que fiquei ali na dúvida, mas não foi de todo mal entregue. E pronto, sei que sou uma desilusão porque não vim falar dos vestidos, nem da cerimónia nem das after-party. Quem sabe para uma próxima (até porque tenho um casamento em Maio e preciso de analisar bem os vestidos para tirar inspirações para fazer o meu).

Sintonia perfeita

Para ti, que gostas. Para mim, que também gosto. E porque hoje faz 3 anos e meio que somos "nós".

Quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga

Se me perguntarem: PM o que vais tu fazer a um sábado à tarde, de sol para aproveitar o fim-de-semana? Pois que eu respondo: vou para o ginásio castigar o corpo de tanta nutella, chocolate e bolachas ao longo desta semana. E pronto, o que tem de ser tem muita força. Vamos lá treinar.

Em que é que ficamos?

Outro dia, em conversa com uma colega que está no curso de Medicina, estávamos a falar sobre nutrição, coisas que se deve ou não fazer a nível alimentar para quem pratica exercício físico regular e palavra puxa palavra, veio à baila o tema chá. Eu toda orgulhosa disse que por dia devia beber à volta de 1 litro de chá, ao que ela me responde que isso não era boa ideia. Que o uso do chá se deve cingir a duas chávenas por dia e que, mais do que isso, a longo prazo, tem efeitos negativos nos ossos. Em que é que ficamos minha gente? Ando eu aqui a beber litradas de chá a pensar que estou a fazer bem e afinal parece que não é assim tão boa ideia? Agora que eu já conseguia ingerir as quantidades recomendáveis de água por dia devido ao chá, vou ter de alterar a minha estratégia? Vou ter de tirar este assunto a limpo.

Nutella Adict

Cai na asneira, no sábado passado, de ter a (infeliz) ideia de fazer crepes com nutella que iriam anteceder uma sessão caseira de cinema. Lá fui eu mais o namorado ao supermercado e, entre outras coisas, saímos de lá com um frasco (dos grandes) de nutella para preparar os ditos crepes. Só vos digo uma coisa: desde então tenho tido muita fome de nutella. Curioso como a fome é tão específica. Então à noite, quando estou no sofá a ver televisão essa fome especifica ataca bastante. Confesso que outro dia já passava da meia noite quando tive de vir à cozinha preparar um pão com nutella (ou será mais correto dizer nutella com pão?!) tais eram os pensamentos que me passavam pela cabeça. Nem conseguia prestar atenção ao que estava a ver na tv. Voltei a lembrar-me porque é que já há tanto tempo que não se comprava nutella nesta casa. O frasco já vai a meio e nem uma semana passou desde que o comprei. Isto é um demónio que uma pessoa mete em casa e depois não se consegue ver livre dele enquant…

Consequências do frio (que nunca mais se vai embora)

Por mais produtos que experimente, por mais que ande constantemente a pôr batons, cremes labiais e mais não sei o quê, o cieiro é uma realidade nestes dias frios. Isso aliado ao vício de andar constantemente a humedecer os lábios não está a facilitar a coisa (valha-me a geleia real da Oriflame para estas situações extremas).

Pessoas que estão desse lado e que são peritas nestes assuntos (ou que sofrem da mesma maleita que eu) digam-me quais são os vossos truques.

Está escolhido o próximo

Desta vez a apostar num clássico. - A volta ao mundo em 80 dias -
Júlio Verne

A difícil vida de uma criança

Hoje no balneário do ginásio, enquanto me vestia, oiço a seguinte conversa entre uma mãe e um filho (que teria pr´ai 4 anos, 5 no máximo):
Mãe: traz para aqui essa roupa. Criança: Não. Estou muito cansado. Mãe: Cansado! De quê? Criança: Dormi pouco... Tive uma noite difícil. Mãe (em tom sarcástico): Pois, realmente, só dormiste doze horas!
E é isto, o que para uns é um problema, para outros seria um sonho (como quase tudo nesta vida). Adoro ouvir as crianças a falarem sobre os grandes dilemas das suas ainda curtas existências.

Objeto de desejo da semana

Zara

Óscares em ponto pequeno

A uma semana da grande noite, aqui fica um resumo dos filmes nomeados para os mais distraídos.
:)

The Ultimate List

E para esta semana é isto. Embora este devesse ser o mote para o ano todo...

Tarte de abóbora com natas

O pretexto para esta sobremesa foi a data de validade da massa folhada estar a aproximar-se do fim. Teria de ser uma coisa rápida de se fazer mas ao mesmo tempo deliciosa. E a escolha recaiu sobre tarte de abóbora com cobertura de natas.  O recheio de abóbora foi o mesmo dos quadrados de abóbora que já tinha experimentado (ver aqui) apenas não deixei tanto tempo no forno para ficar mais cremoso. No final bati um pacote de natas com 3 colheres pequenas de açúcar e umas gotinhas de limão (este é o segredo para ficarem com a consistência desejada) para espalhar por cima e estava a sobremesa pronta. Simples, fácil e deliciosa. E toda a gente que comeu ficou a pedir por mais.


Há filmes para além dos Óscare

Decidi fugir um pouco aos nomeados para os Óscares e pus-me a ver o filme Cake, com Jennifer Aniston que fala sobre a problemática da dor crónica. Assim de imediato, e para não estar aqui com meias palavras, não fiquei nada entusiasmada com o filme. A meu ver, o filme torna-se um bocado confuso na história e na forma de apresentar as ideias. Tem algumas partes interessantes mas não foi um filme que me tivesse cativado e me tivesse prendido à história (cheguei mesmo a adormecer no meio do filme). Mas vejam e digam-me de vossa justiça.

Happy valentine's day

Não gosto da ideia que me marquem um dia no calendário para celebrar o amor. O amor deve ser celebrado ao longo de todo o ano. O romantismo na relação deve ser um trabalho constante e não o simples comprar peluches, chocolates e flores no dia 14 para oferecer à cara metade, desprovidos de qualquer esforço e pouco sentimento.  Agora que penso, acho que só na fase da adolescência (parvalheira) em que não compreendia ainda o que era o verdadeiro amor é que ficava entusiasmada com este dia. Quando aprendemos a amar e tudo o que isso significa, este é mais um dia na história do casal. Não é preciso entrar no consumismo típico dos presentes standard (e na maioria das vezes foleiros) que se vêem em todas as esquinas. Valem mais os gestos, as atitudes e a companhia do outro. Não preciso que me digam quando devo comprar um presente para o meu namorado, quando devo comprar uma lingerie mais ousada, quando devo ir jantar fora com ele,  ou quando devemos comer morangos com chantilly (e eu que ne…

Adoro pessoas com sentido de humor

Ontem, quando estava a sair do centro de saúde, já no estacionamento, cruzei-me de carro com uma pessoa conhecida. Abrimos o vidro para trocar algumas palavras e o diálogo foi o seguinte: Eu - Olá Ela - Olá Eu - Estás por aqui! Estás doente? Ela - Não! Só não pus base na cara!
A maneira como o disse e as circunstâncias em que estávamos arrancaram-me uma boa gargalhada. Oh pá, vim-me a rir até casa. Gosto de pessoas assim, com este sentido de humor.

A pensar nos Óscares V

Já vi muitos dos filmes (com excepção para os de animação) nomeados para os Óscares 2015 para estar a par de tudo o que vai a jogo na grande noite. Este ano há muitos bons filmes. A escolha vai ser difícil. E para aumentar a dificuldade está o filme Still Alice. Que grande filme! Que aperto no peito ver esta história. Ver como o Alzheimer pode virar a vida de uma pessoa (e da família) de pernas para o ar em tão pouco tempo. Ver como uma vida preenchida e agitada, como uma pessoa realizada pode começar a perder tudo isso a uma velocidade vertiginosa. Ver que até a nossa identidade, aquilo que somos nos é roubado pela maldita doença. E saber que não estamos livre que tal nos aconteça torna o filme ainda mais intenso.
Da interpretação da Julianne Moore não é preciso estar aqui a falar do quão excelente atriz ela é e sem dúvida que este filme é todo ela. Não sei quem vai ganhar o óscar na categoria de melhor atriz de drama porque a concorrência é fortíssima (a Felicity Jones em “Theory o…

Está escolhido o próximo

Gosto da Helena Sacadura Cabral. Gosto dela enquanto pessoa. Gosto de a ouvir e do despudor com que aborda temas mais sensíveis. Gosto da frontalidade com que assume as suas convicções. E tenho curiosidade em saber como é a sua escrita. E chegou a hora de matar a curiosidade.

Aquelas coisas banais cá de casa que não me assistem

Tenho uma salamandra em casa já há alguns anos e é a delicia de toda a gente em dias de muito frio. Consegue-se andar cá em casa de T-shirt enquanto lá fora é preciso 5 camadas de roupa e mesmo assim ainda é capaz de haver algum frio. Acontece que me apercebi hoje que nestes anos todos nunca acendi a salamandra. Lembro-me de já ter tentado uma ou duas vezes mas ter acabado por desistir (porque será!), acabando por ser sempre a minha irmã ou os meus pais a fazer tal tarefa. Hoje estando eu sozinha em casa e querendo trabalhar no conforto da mesa da cozinha e com a salamandra ligada vi-me na difícil tarefa de ter de fazer a fogueira (lembrei-me agora do episódio de Game of Thrones em que o Sam também tenta tal coisa mas também não é muito bem sucedido) e, mais difícil ainda, fazer com que a fogueira não se apague 3 minutos depois. Cheguei à conclusão que é mais difícil do que parece! Mas o que importa é que a salamandra já está a funcionar há quase 3 horas e ainda não se apagou mas no …

Sugestão gastronómica - Flor de Sal

Se querem um sítio acolhedor, com uma excelente decoração, um sítio recatado com um staff jovem e simpático, um local onde a comida é deliciosa e as entradas são uma perdição para a dieta de qualquer pessoa, então podem arriscar no restaurante Flor de Sal.  Tem várias salas, fica em Palmeira (Braga) e tive o prazer de ter lá um jantar de aniversário e fiquei fã. Não deixem de pedir nas entradas o folhado de queijo de cabra com doce de abóbora que é de comer e chorar por mais (vá, uma vez não são vezes e aquilo é uma delícia) ou então a alheira crocante.  O preço por pessoa anda entre os 25€-35€, mas para uma ocasião especial ou um jantar a dois (ou para quem tiver a carteira recheada) é uma excelente opção.







A isto se chama uma mulher despachada

Quem perdeu foi ele. Ou então não...

Aquele nervoso miudinho

Hoje é dia de mais uma entrevista de emprego. Normal. Simples. Nada que não esteja já habituada e preparada.  O que me está a causar algum nervoso miudinho é saber que quem vai conduzir a entrevista é alguém que já se cruzou no meu percurso académico e profissional e que tinha a capacidade de testar os limites da minha paciência e bom-senso. Alguém com quem eu não me identifico como profissional e que a sua ética no trabalho me causa alguma urticária (nunca hei-de conseguir ser uma "lambe-botas" simplesmente para agradar aos superiores nem conseguir lidar bem com pessoas que valorizam os "lambe-botas" em detrimento da competência e profissionalismo).   Inspirar. Expirar. Deixa-me mas é ver se consigo entrar num estado zen e conduzir a entrevista à minha maneira e não me deixar ser atraiçoada pelo nervoso miudinho.

New in - Iluminador Sephora

Como eu gosto de encontrar pechinchas em tempo de saldos. Não conhecia este iluminador mas como estava mesmo a precisar de um em formato caneta nem hesitei em trazê-lo. Vamos agora ver se me convence ou não (se não convencer também não me vai pesar muito na consciência porque o preço foi muito amigável). Como eu gosto de saldos!

Chegados ao fim #10

Ano novo mas a filosofia é antiga: levar até ao fim os produtos em uso. E no mês de Janeiro foram estes os que acabaram cá por casa.




1- Gel de banho - Sephora: Um cheirinho delicioso e deixa a pele macia. Este foi uma edição especial (do ano passado), mas no geral, todos géis de banho são bastante bons. Como não costumo ser fiel a nenhum gel de banho em específico, já tenho outro de outra marca em uso. Este usava-o no ginásio porque como a embalagem é espalmada, dava-me muito jeito para enfiar dentro do saco sem ocupar muito espaço.
2- Base Giordani Gold - Oriflame: já há muito que uso esta base e hei-de continuar a usar. Tem boa cobertura, é fácil de espalhar e dura o dia todo sem ganhar fissuras. É aconselhado para peles normais (mas conheço gente com pele com tendência a oleosa e também suporta muito bem esta base). Há quatro tons. Eu uso o "natural bege". 
3- Bálsamo hidratante com geleia real - Oriflame: É um bálsamo muito bom. Os lábios realmente ficam hidratados por mai…

É hoje que me aventuro nas papas de aveia

A hora do lanche está-se a aproximar, lá fora chove, está frio e o desejo por comer coisas boas e quentinhas começa a apertar (por isso fica de fora a fruta, o iogurte com aveia ou o iogurte liquido). Vai daí lembrei-me de experimentar as famosas papas de aveia que toda a gente fala e que toda a gente faz. Eu já adoro iogurte com aveia e pelos que vi das papas de aveia é coisinha para me deliciar o paladar e confortar a alma.  E o melhor de tudo? É que dizem que é saudável! Vou agora para a cozinha preparar o lanche. Depois digo como correu e se gostei. Entretanto, se tiverem uma receita assim para lá de deliciosa podem aproveitar e deixar aqui para eu testar depois.

Valência e Benidorm - férias de Verão

Não, não estou já a planear as férias de Verão. Isto são consequências de estar doente e pouco poder fazer, por isso pus-me a ver fotos de férias (para ver se os dias animam) e lembrei-me que ainda não tinha mostrado aqui as imagens das últimas férias de Verão.
O destino escolhido foi Valência, a terceira cidade Espanhola com mais população e uma passagem rápida por Benidorm. Fomos em Setembro e arranjamos voos e hotel a preços muito simpáticos. Alugamos um carro (numa cor muito discreta - verde alface) e lá partimos nós à descoberta da cidade. Tivemos ainda a sorte de encontrar uma temperatura espectacular, com noites bastante quentes (o que deu para matar saudades das verdadeiras noites de Verão já que em Portugal isso não se fez sentir no último Verão).
A cidade é muito bonita; tem a parte nova, cosmopolita e a parte velha cheia de tradição e com pormenores muito bonitos. Para além disso tem o jardim de Turía, considerado o maior jardim urbano de Espanha, que dá cor e vida à cidad…

Instagram

Blogs que leio