Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Maio, 2017

Vaidade canina

Benny  2 meses e 1 semana

Há quase um mês que o Benny é o novo inclino cá de casa. Desde então que é o centro das atenções e das brincadeiras. Há dias que lhe rompemos o nome de tantas vezes que temos de o chamar à atenção, mas na maioria das vezes apenas nos derrete o coração! Aos poucos ele vai começando a mostrar o seu feitio, ou a sua personalidade, se é que podemos falar de personalidade quando falamos de cães. Já toda a gente percebeu que ele usa o facto de ter um ar extremamente fofinho e cativante para quando faz asneiras usar a sua aparência em benefício próprio. Mas para além disso é um cão extremamente vaidoso e narcisico. E como é que eu sei disso? Porque o danado do cão adora ver-se ao espelho, ou tudo o que possa refletir o reflexo dele. Não há espelho cá em casa ou vidro que ele tenha acesso que não esteja todo babado de ele ir lá com o focinho. É que se algumas vezes ele ladra ao reflexo dele próprio, a maioria das vezes deve achar-se o máximo e lambe a imagem que vê re…

DIY - Flared Jeans

Quem tem prestado atenção quando vai às lojas, certamente já reparou que o que não faltam são calças "esfarrapadas" em baixo, como se tivessem ficado à mercê de cães raivosos. Há algumas que acho medonhas mas outras até acho alguma graça. Mas como sei que esta tendência não é "usável" para sempre nem em todos os contextos não me estava convencida a investir nuns jeans assim. 
Então, peguei nuns jeans básicos que tinha cá por casa encostados a um canto porque eram "muito básicos" e decidi transformá-los (eu, que nunca tive jeito nem paciência nenhuma para este tipo de coisa!). Só o fiz porque o processo é mesmo muito simples e fácil e o resultado é engraçado.


1º - Cortar as calças pelo tamanho pretendido. 2º - Medir e riscar o tamanho das franjas (para ficarem todas alinhadas). Eu marquei 3 cms à volta de toda  a calça, e de seguida colei fita-cola para facilitar na hora de cortar.

3º - Depois de cortadas as franjas de ambas as pernas retirar a fita-cola.


Diz que estamos na época dos casamentos...

Casamentos à parte, eu dava bem uso a estas sandálias da H&M! Todas em cetim, tanto ficam bem para uma cerimónia como com umas simples jeans e uma t-shirt básica.

Habemus voz

E depois de 4 dias sem voz, depois de muitos rebuçados de mentol, brufen, mebocaina e antibiótico, finalmente já consigo falar sem ser só murmúrios.  E posto isto, hoje ninguém me cala. Até o meu cão mais novo está ali a um canto a dormir pr´ai à duas horas só para não me aturar, porque ao mínimo movimento falo logo com ele (é o que dá estar em casa sozinha a corrigir relatórios de estagiários, não ter ninguém com quem falar e já não falar há 4 dias...).

Pelos olhos de uma criança

Estava eu a brincar dentro de casa com a minha afilhada do meio e o meu cão. O meu cão cheio de energia a esgotar a minha afilhada, a minha afilhada elétrica a agitar ainda mais o cão e eu à margem a apreciar a cena. Às tantas, e após muitos gritos de alegria, correrias e brincadeiras a minha afilhada pára (finalmente) e vem para a minha beira. Às tantas diz-me:
Ela: Podes abrir a janela? Eu: E para que queres que abra a janela (da varanda)? Ela: Para eu ir lá fora ver o mundo.

E eu que achava que da janela cá de casa só se via a rua... Sempre a instruir com os mais novos e a prender que aquilo que vemos à nossa frente é aquilo que lhe quisermos chamar.

B-Day

E por aqui já se entrou nos 31. Um dia preenchido e na companhia da família, com muita comidinha boa como se quer nestas alturas, muitas prendinhas e... sem voz! E a falta que a voz faz num dia destes. Bem, a voz faz sempre falta mas neste dia em que somos um bocado o centro das atenções faz ainda mais. Desde não poder atender as inúmeras chamadas que me fizeram porque simplesmente não dava para eu falar ou agradecer às pessoas a chamada até estar no almoço e querer entrar nas conversas mas quase ninguém se aperceber disso, foi um sem número de situações bizarras. Uma pessoa sente-se dependente e obrigada a muito contacto físico para se fazer "ouvir".
Não sei se isto de estar sem voz será um sinal ou uma pista qualquer do além para o ano que se principia mas está-me a querer parecer que é o divino a avisar-me para fazer mais uso dos ouvidos e menos da boca, que assim como quem não quer a coisa sempre são menos chatices para uma pessoa e os outros também deixam de me chatear…

Despedida de solteira (sem voz)

Estes últimos dias é sempre roda no ar. É despedida de soletira de uma amiga de curso, é o casamento dessa amiga, é festejos do Benfica, é festejos da Eurovisão, é jantares de amigos, é despedida de solteira de outra amiga, é mais outro casamento dessa outra amiga, mais aniversários... Até fico cansada só de enumerar.
Hoje há mais uma despedida de solteira e eu vou em versão afónica. E não foi dos festejos do Benfica. Até podia ter sido mas nesse dia estava num casamento e tive de ser comedida a extravasar a alegria que só Benfiquista compreende. 
Ontem comecei a ficar rouca e hoje estou sem voz e só vos digo que tem sido um sem número de situações caricatas. Sou eu a querer repreender algum dos meus cães porque estão a fazer asneira mas eles não me ouvem. São as pessoas que me ligam e mal me percebem porque eu só consigo grunhir uns barulhos estranhos. É eu ir a casa de um familiar, tocar à campainha e quando me perguntam quem é tive de fazer um esforço monumental para conseguir faz…

Demain tout commence

Tão bom este filme! Tão bom é pouco. Excelente! Este filme retrata a história de um homem (daqueles que só pensam em mulheres) que de um minuto para o outro descobre que é pai e se vê com a criança nos braços sem saber muito bem o que fazer. A mãe, após lhe ter entregue a criança desaparece, o que faz com que ele corra à procura dela para lhe devolver a criança. Nessa procura infrutífera pela mãe descobre que afinal ter uma criança não é assim tão mau e que esta passou a ser o motivo principal dos dias (vida!) dele. Ao longo do filme vamos vendo a cumplicidade crescente entre a filha e o pai até que aparece novamente a mãe... E o final? O final é brutal! Arrebatador! Vejam o filme e digam-me se eu não tenho razão quando digo que o cinema francês é muito bem e que nem sempre se lhe dá o devido valor.

Shin Chan... desenhos animados para adultos

Digam o que disserem, sempre achei que o sentido de humor nestes desenhos animados era mais direcionado para os adultos do que para as crianças. E pelos vistos há quem ache o mesmo e até tenha feito queixa sobre isso, como podem ver nesta notícia.
E posto isto, aqui estou eu a assumir que sou uma fã do Shin Chan (quer dizer, já fui mais. Desde que mudaram as vozes às personagens que fiquei um bocado reticente) e que se apanhar a série a dar no canal Panda Biggs não consigo mudar de canal.

Alergias

Eu que nunca fui pessoa dada a alergias, estou neste momento com a cara cheia de pequenas bolhinhas. Deitei-me domingo impecável, sem nada na cara e na segunda-feira quando acordei mais parecia que tinha posto esfoliante na cara e ficado colado de forma permanente. Tirando as pálpebras, tudo o resto está coberto de bolhinhas. É quase como se me tivesse rebolado na areia da praia depois de ter posto protetor solar. O que vale é que são quase imperceptíveis a terceiros, desde que não estejam a reparar muito em mim, mas passando a mãe a cara está cheia delas. 
Não consigo sequer suspeitar o porquê de estar neste estado. Não usei nenhum creme novo ou qualquer outra coisa diferente do habitual, não estive exposta ao sol, não estou a tomar nenhum medicamento... Tive um casamento no sábado, só se tiver sido alguma coisa que tenha comido por lá... (algum médico/a desse lado que me possa fazer um diagnóstico online? E já agora que me dê a cura!).
Hoje mal acordei a primeira coisa que fiz foi …

Esta semana estamos assim #63

Com um casamento pelo meio, a manicure tinha de ser pensada com base no outfit escolhido. Por isso a escolha desta semana recaiu num tom que combinou com o jumpsuit que levei e que acabou por fazer jus ao tempo (cinzento!) que se fez sentir no dia do casamento.

Começar a semana em modo Campeã

A sentir-me duplamente campeã. Futebol e música. Nunca mais o número 13 vai ser conotado como o número do azar!
Boa segunda-feira.

Wedding season

E por estes lados está oficialmente aberta a época dos casamentos. 
Hoje o primeiro, daqui a duas semanas mais outro e mais lá para a frente mais outro. E para já são estes três, todos de amigos. Bem sei que dizem que casamento molhado é casamento abençoado mas eu gostava sinceramente que o de hoje fosse o único com chuva e que não fosse necessária a chuva para serem abençoados (pensei que essa era a função do padre...).
E falando em superstições, nos últimos anos sempre que tive algum casamento em Maio o Benfica foi campeão. Hoje espero que se repita a tradição e por via das dúvidas, já avisei os noivos que ali entre as 6.15h e as 8.15h pode ser que tenha de me ausentar... No meio de tanta gente, acho que eles não vão dar muito pela falta de duas almas penadas!

Diz que está na moda

A sério que há alguém que ache isto bonito? Para o Carnaval eu até consigo achar piada, para o dia-a-dia acho só estúpido e de muito mau gosto.
E parece que a "panca" está a alastrar rápido, como podem ver aqui.

A Dama Pé-de-Cabra

Desta vez, de volta às lendas, com Alexandre Herculano.
Já vou a meio do livro e não é uma leitura corrida e intuitiva. Dou por mim várias vezes a ir procurar o significado de uma ou outra palavra para perceber aquilo que estou a ler. Mas a história em si é engraçada. Espero que o final esteja à altura da Dama que tinha um pé de cabra e que pediu ao seu pretendente para nunca mais se benzer.

Sabem porque é que está a chover torrencialmente e não vai parar tão cedo?

Porque eu tenho um casamento à porta (sábado) e uma roupa para vestir assim um bocado para o fresca, com as costas desnudas. E esta chuva é o São Pedro a avisar-me que eu já devia ter aprendido com o casamento que tive o ano passado em Maio, em que estava um frio desgraçado e (também) uma chuva torrencial. A avisar-me que casamentos em Maio ainda é para ir agasalhada, nada de sandálias ou corpo desnudo e guarda-chuva na mão ao invés da clutch. Anda uma pessoa à procura dos acessórios perfeitos e vai-se a ver o guarda-chuva é o que vai combinar melhor. Por via das dúvidas, já pus de parte um casaquinho porque já me chegou o frio que passei o ano passado. Mas que não havia necessidade de tanta chuva, lá isso não... 
Ao menos que chova tudo nestes dias porque no final de Maio tenho outro casamento e o modelito também é a lembrar os dias de maior calor e não o Inverno à lareira. E dois casamentos seguidos a levar com chuva nas trombas, penteados estragados e roupa molhada é coisa que nin…

Zara, what else?

Adoro estas peças que primam pela diferença. Um blazer que é uma capa, ou uma capa que se parece com um blazer? Adoro. E adoro ambas as cores. 


Link aqui e aqui.

O futebol baralha as crianças

Os pais da minha afilhada foram no fim-de-semana ver o futebol e levaram-na pela primeira vez a um estádio de futebol. Depois de ela me contar com entusiasmo a experiência, a mãe dela partilhou comigo outras tantas situações engraçadas que aconteceram durante o jogo sob a lente de uma criança de 4 anos.  Então, antes de começar o jogo parece que ela, sempre cheia de curiosidade sobre tudo, se virou para o pai e começou a perguntar como é que se chamavam os jogadores:
Ela: Pai, como é que se chama aquele jogador? Pai: Aquele é o X. Ela: E aquele? Pai: Aquele ali chama-se Y. Ela: E aquele? Pai: Aquele é o Z. Ela: Hmmm... mas isso não é nome de pessoa, isso é nome de cão!
É o que dá as pessoas porem os nomes dos ídolos aos animais de estimação, depois isso baralha as crianças. Pelos vistos na casa da avó dela já houve um cão com o mesmo nome que aquele jogador...

Bronzeado

Preciso urgentemente de apanhar sol para ganhar uma cor decente. Já meio mundo se andou a pavonear por essas praias fora e eu, pessoa dada à brancura e que devia começar urgentemente a trabalhar para um bronzeado que se note continuo sem apanhar ponta de sol. Tenho amigas (morenas) que já me identificam em memes cómicos alusivos ao meu tom de pele (branca!). Com dois casamentos à porta e a ter de mostrar alguma pele dava jeito eu já ter pensado nisso antes, mas se não é a falta de sol é a falta de paciência (e companhia do namorado) para estar ao sol...

2 semanas de Benny

E faz hoje duas semanas que cá em casa passou a haver mais um inquilino, um novo morador de quatro patas que veio trazer mais animação aos nossos dias. Veio para cá ainda muito pequenino, pouco mais de um mês de vida e conquistou-me logo.
Foi uma prenda de aniversário antecipada do meu tio mais novo, que sabe a minha adoração por cães e que, apesar de saber que a minha mãe (irmã dele) não queria mais nenhum cão em casa e que não gosta de cães, presenteou-me com este pedaço de doçura andante. Com a condição de ele ficar com ele caso cá em casa não pudesse ficar, um dia após o outro foi ficando, e ficando... até que ficou de vez. Já posso dizer que é o meu cão, o meu Benny. E até o nome foi difícil escolher, porque tinha de ser um nome que os quatro cá em casa gostassem (pronto, eu cedi às minhas opções iniciais, mas para ter este menino cá em casa até Bruno de Carvalho eu lhe chamava se fosse preciso).
A uma semana de fazer 2 meses de idade e depois de duas semanas cá em casa o Benny …

Manchas na pele

Esse malfadado problema que afeta muitas de nós. Está ali ao nível da celulite, só que a celulite na maioria do ano não se vê, enquanto as manchas na pele (regra geral na cara) são visíveis o ano todo. E eu infelizmente padeço desta desgraça e por isso ando sempre a ver se encontro algum creme milagroso que me livre das inestéticas manchas. 
Uma amiga minha falou-me deste sérum da Neoretin (à venda na Wells) e eu fiquei bastante curiosa. 


Alguém já usou? Funciona? Digam-me tudo e se houver para aí algum produto milagroso não me escondam nada!

Rainha dos cupões #3

Aqui há uns tempos pedi uma amostra de um novo shampoo da Elvive no site da marca (guardo este tipo de amostras para quando vou de viagem não ir carregada com shampoos. Levo as amostras e está feito). Passado uns tempos recebi em casa um envelope a lamentar que as amostras tinham acabado mas em contrapartida me enviavam um vale de 3€ para descontar num produto Elvive à minha escolha.  E foi o que fiz. Fui ao Pingo Doce e reparei que a marca estava com 50% de desconto direto e pus-me a fazer as contas: o creme suavizante amaciador de 3 argilas (de 400 ml) estava a metade do preço, ou seja, estava a 2.99€, eu tinha um vale de 3€... Não pensei duas vezes, peguei nele, fui para a caixa e trouxe o amaciador a custo zero e ainda me deram 1 cêntimo de troco, uma vez que o vale era de 3€ (tal como podem ver na segunda imagem, no talão de compra).  A isto se chama pagarem-me para trazer coisas para casa!



Objeto de desejo da semana

ROS Lisbon Modelo: Antonina Gold

Quando olhei para estas sandálias a primeira imagem que me veio à cabeça foi "conforto". E isso é tudo aquilo que eu preciso nos dias mais quentes em que os meus pés incham e quase todo o calçado me aperta.

Olá Maio

Um dos meus meses preferidos!

Instagram

Blogs que leio