Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2017

Moda só para baixinhas?!

Saldos ai a bombar e o que é que uma mulher prevenida como eu que tem mais casamentos/batizados/festas e afins do que a Lili Caneças nos seus tempos áureos pensa? Vamos lá deitar os olhos à "roupa de festa" porque nunca se sabe quando será a próxima e assim fica-se já resolvida com pouco dinheiro sem ter depois de andar a lamentar não ter sido esperta em tempo de saldos. Vai uma pessoa à Zara, dá de caras com um vestido (aparentemente) super elegante, de lentejoulas discretas em tons de verde, com uma pequena abertura nas costas e pensa ter encontrado ali qualquer coisa com potencial. Vai-se aos provadores, enfia-se o vestido (que ainda por cima não tem fechos, botões, molas e o diabo que o parta) olha-se ao espelho e... uohhh espetacular! Assenta mesmo bem, realça bastante a cintura, disfarça uma possível gordurinha que possa existir na barriga devido ao efeito das lentejoulas, parece que se aumentou um número na copa do soutien e uma pessoa pensa que encontrou o santo gra…

Povo que tem cães...

Digam-me se os vossos também são assim ou os meus é que são muito estranhos! Tenho dois cães, (14 anos e outro a caminho dos 4 meses), e independentemente da raça (um rafeiro outro labrador), ambos ficam tolos com vassouras e esfregonas. É impossível eu pegar numa esfregona ou na vassoura e conseguir limpar/varrer o que é suposto! Eles atiram-se às vassouras como se fosse a maior ameaça à face da terra. Então o mais novo dá coça velha na esfregona.  Quando só tinha o mais velho e ele fazia isso achava que era panca dele, mas agora com o pequeno ele faz exactamente a mesma coisa! Começo a achar que afinal não era panca do mais velho... Só ainda não sei o que é (e não pode ser trauma porque nunca bati a nenhum deles com esses objetos e ambos vieram para a minha casa ainda em bebés). Algum veterinário desse lado, ou treinador que me possa esclarecer? Ou então alguém que tenha passado pelo mesmo e que conseguiu resolver esta situação? Caso contrário estou a pensar dar uma vassoura a cada…

Os "trintas" e a memória

Percebo que se calhar estou a ficar afectada da memória quando depois de passar um dia inteiro em formação com uma amiga lhe conto a mesma coisa duas vezes sem me lembrar que já o tinha feito. Pior que isso é ter repetido o mesmo entusiasmo quando contei a segunda vez o episódio em causa e nem assim me ter feito um click para perceber que já lhe tinha contado. 
À noite, quando vou ter com o namorado digo-lhe "tenho uma cena para te contar, que se passou hoje lá no trabalho, que até vais ficar pasmado" e depois, no seguimento da conversa, esqueci-me de lhe contar! E é isto, a uma conto duas vezes, a outro não conto nenhuma. E o grave é que este episódio não foi isolado, já me aconteceu mais vezes...muitas mais vezes...
Ou os "trintas" me estão a fazer mal, ou então preciso de uma bela noite de sono (sem me virar 327 vezes por noite com o calor), para que aqui a máquina do piso superior volte a funcionar a 100%.

14 Anos

Parabéns Boguinhas!

14 anos do meu Boguinhas. Tantas já foram as alegrias, e tantas outras arrelias! Mas não trocava nenhuma das arrelias por tanto que já me deste. A idade já começa a fazer-te estragos, já não tens a mesma energia, já não dás aquelas tuas corridas malucas e enérgicas, já não sobes as escadas a correr, já não atacas a árvore de Natal, já não ladras efusivamente para a máquina de cortar a relva ou para a vassoura enquanto limpo o chão, já ouves mal e a visão também já não é o que era mas és o meu Boguinhas de sempre. Que ainda tenha muito tempo contigo e que o Benny não seja muito chatinho contigo (dá-lhe um desconto porque ele ainda não percebeu que tu não tens a idade dele).
O meu Boguinhas.

Olá Angola

Um olá especial aos Angolanos que estão desse lado a "ler-me". Poucos mas bons!  ;)

Amizade

Amizade são pequenos gestos. É ter um casal amigo que chega de férias e ainda no aeroporto nos manda uma mensagem a perguntar o que fazemos no dia seguinte para combinar algo. Como dizia o outro, "não é preciso fogo de artifício", basta ser presente.
Bom domingo.

Esta semana estamos assim #65

Ao vivo a cor é mais escura.  No boomerang pode ver-se melhor a cor.

Hidratação com prancha iónica

Depois de fazer as madeixas ombré no meu cabelo, notei que ele ficou bastante seco nas pontas, e com o Verão à porta, não convém começar com o cabelo já fragilizado. Vai daí, marquei com a minha cabeleireira para tratarmos disso e ela recomendou uma hidratação com prancha iónica. Basicamente (e segundo aquilo que fui deitando o olho e perguntando) lava-se o cabelo, aplica-se um produto próprio e de qualidade e depois com a ajuda da prancha (que atua sempre em frio) potencia-se o efeito desse produto, trabalhando com pequenas mechas de cabelo de cada vez. Aproveitei para cortar também as pontas (um ou dois centímetros no máximo) para eliminar qualquer ponta espigada que pudesse andar por ali perdida. 
Sai de lá com o cabelo super brilhante e hidratado. Já fiz o tratamento quase há um mês por isso já não tem aquele brilho fantástico com que sai de lá, mas sinto que está mais hidratado e com as pontas saudáveis. Recomendo vivamente este tipo de tratamento antes de expormos o nosso cabel…

Poliglota

Eu devo saber falar Mandarim e ainda não me tinha apercebido disso. Eu já tinha algumas suspeitas depois de algumas interações com as estagiárias lá do serviço onde trabalho mas hoje tive a prova de que eu sou muita forte a falar Chinês!  Então mando eu um e-mail para a segurança social a expor uma situação em que me estão a querer cobrar um valor indevido referente ao mês de Dezembro do ano passado e a pedir para regularizar a situação o quanto antes (explicando detalhadamente tudo) quando me respondem o seguinte: para além de citarem meia dúzia de artigos que o comum dos mortais não sabe o que significa, dizem para eu mandar o comprovativo de pagamento do mês de Dezembro de 2017 (já nem estou a ligar a este erro porque é mínimo e percebe-se perfeitamente que foi uma falha ao escrever) para poderem verificar o que se está a passar com a minha situação. Ora então vamos por partes: se eu estou a reclamar que me estão a pedir para pagar algo que (no meu entender) eu não devo pagar e ex…

Romando - Sushi Caffè

Amantes de sushi, se querem um sítio de qualidade para se deliciarem, tem de se pôr já a caminho de Vila do Conde para provar as deliciosas iguarias do Romando. O Romando é uma casa com diferentes espaços mas a qualidade é unânime em todos. O mês passado fui ao Sushi Caffè (fica na zona ribeirinha de Vila do Conde) e vim de lá deliciada. Não só com o sushi mas também com a sangria e as sobremesas.

Aviso já que não é um espaço barato e para ir com a regularidade de quem vai à churrasqueira da esquina buscar um frango assado ao fim do dia porque não teve tempo para cozinhar. É um espaço de requinte, com comida de excelente qualidade e onde na hora de apresentar a conta, tudo isso é tido em conta. Mas uma vez de longe a longe, para uma celebração especial, recomendo vivamente! Ou então com frequência, se a vossa carteira o permitir!

O espaço Sushi Caffè funciona apenas por reservas sendo que à noite aceita marcações apenas em dois horários (às 20h e às 22h).
Fica aqui o link da página do…

1Q84

Está escolhido o próximo  - 1Q84 -
Deste vez a escolha recaiu em Haruki Murakami. Já há muito que estava curiosa em ler algo deste autor e ontem comecei o volume 1 de 1Q84. Ainda só li 100 páginas das quase 500 que o livro tem e só vos posso dizer que não se dá pelo tempo e pelas páginas a passar. É uma leitura fácil mas muito envolvente. 
Para já, do pouco que li, o livro anda à volta de duas personagens e cada capítulo intercalado fala dessas personagens e daquilo que se vai atravessando no seu caminho. Nessas histórias, vão surgindo outras personagens que acabam por se tornar também centrais para a história. Ainda não sei se as personagens se vão ou não cruzar, mas essa é a parte gira quando se começa a ler um livro, especular sobre o que pode vir a acontecer!

Objeto de desejo da semana

Zara Aqui.
Durante uns meses não tenho casamentos e para o próximo (em Outubro) já tenho o outfit mas este jumpsuit é a solução perfeita para um casamento! E a cor é tão bonita!

Compras online

Agora sim, o meu telemóvel está piroso como eu gosto. E digam o que disserem, acho esta capa amorosa. Para além disso, é em silicone como eu tanto aprecio.
Para quem como eu gosta destas capas coloridas e cheias de bonequinhos, desenhos e afins, aqui fica o sítio onde comprei.

Casamentos de Maio

E os outfits escolhidos para estes dois grandes dias.

O jumpsuit verde foi usado pela primeira vez e comprado nos últimos saldos de Inverno (ver aqui), o vestido foi usado pela segunda vez (já o tinha usado há 3 anos no casamento de uma amiga, apenas mudei os acessórios e o penteado).

A vida só é um drama se assim o quisermos

Afilhada chega a casa e faz mega cena dramática, a chorar e a lamentar efusivamente que tinha muito azar na vida: que não tinha conseguido fazer um exercício na escolinha, que uma amiga se tinha zangado com ela e que tinha de dormir a sesta (ai filha, quando perceberes o quão bom isso é vais lamentar alguma vez na vidinha teres reclamado disso!)! Lá estava ela em versão birras, a dizer que ela tinha muito azar na vida (sim, às vezes também tem a sua veia drama queen), que tudo lhe corria mal e mais não sei o quê, quando a mãe, saturada daquela birra sem sentido se vira para ela e diz:
Mãe: Tu dizes que tens muito azar? Azar são aqueles meninos que não tem o que comer, aqueles meninos que não tem uma casa para dormir ou aqueles meninos que estão muito doentes! Pensa nisso e depois anda-me dizer quem é que tem azar!
Ela lá foi para o quarto, ainda continuou a chorar de forma bem audível durante algum tempo mas depois lá se calou. A mãe dela continuou na cozinha a fazer o que estava a f…

Guns N´ Roses

Amanhã, por esta hora, estarei no Passeio Marítimo de Algés a ver estes senhores!
Que Junho comece com a banda sonoro certa!

Dizem que os bordados florais estão na moda...

Por via das dúvidas, eu já estou abastecida! :)

Assumo-me uma medricas completa

Adoro viajar mas, e um bocado em contra-senso, detesto andar de avião. Quanto mais vezes ando de avião mais detesto sempre que tenho de o fazer. Já tive algumas situações caricatas que reforçam a minha panca em relação aos voos: para além de diversos atrasos (um deles de muitas horas), já tive desde aterragens abortadas a turbulência considerável. Mas nada que se assemelhe àquilo que, pelos vistos, é comum no aeroporto do Madeira (ou mais recentemente, aeroporto Cristiano Ronaldo). 
Pela parte que me toca, a menos que seja forçosamente obrigada a meter lá os pés (ou vá ao engano e toda drunfada!), a Madeira será sítio que nunca hei-de ir. Nada contra a Madeira ou o povo de lá, mas estas aterragens e a pista reduzida são impróprias para gente como eu. Se apanhasse uma aterragem assim era menina para nunca mais meter o cu num avião.

Esta semana estamos assim #64

A escolha desta semana foi condicionada pelo casamento do último fim-de-semana (que irei falar em breve e que foi maravilhoso!). Uma cor neutra com apontamentos em azul para combinar com os pormenores azuis do vestido.

Vaidade canina

Benny  2 meses e 1 semana

Há quase um mês que o Benny é o novo inclino cá de casa. Desde então que é o centro das atenções e das brincadeiras. Há dias que lhe rompemos o nome de tantas vezes que temos de o chamar à atenção, mas na maioria das vezes apenas nos derrete o coração! Aos poucos ele vai começando a mostrar o seu feitio, ou a sua personalidade, se é que podemos falar de personalidade quando falamos de cães. Já toda a gente percebeu que ele usa o facto de ter um ar extremamente fofinho e cativante para quando faz asneiras usar a sua aparência em benefício próprio. Mas para além disso é um cão extremamente vaidoso e narcisico. E como é que eu sei disso? Porque o danado do cão adora ver-se ao espelho, ou tudo o que possa refletir o reflexo dele. Não há espelho cá em casa ou vidro que ele tenha acesso que não esteja todo babado de ele ir lá com o focinho. É que se algumas vezes ele ladra ao reflexo dele próprio, a maioria das vezes deve achar-se o máximo e lambe a imagem que vê re…

DIY - Flared Jeans

Quem tem prestado atenção quando vai às lojas, certamente já reparou que o que não faltam são calças "esfarrapadas" em baixo, como se tivessem ficado à mercê de cães raivosos. Há algumas que acho medonhas mas outras até acho alguma graça. Mas como sei que esta tendência não é "usável" para sempre nem em todos os contextos não me estava convencida a investir nuns jeans assim. 
Então, peguei nuns jeans básicos que tinha cá por casa encostados a um canto porque eram "muito básicos" e decidi transformá-los (eu, que nunca tive jeito nem paciência nenhuma para este tipo de coisa!). Só o fiz porque o processo é mesmo muito simples e fácil e o resultado é engraçado.


1º - Cortar as calças pelo tamanho pretendido. 2º - Medir e riscar o tamanho das franjas (para ficarem todas alinhadas). Eu marquei 3 cms à volta de toda  a calça, e de seguida colei fita-cola para facilitar na hora de cortar.

3º - Depois de cortadas as franjas de ambas as pernas retirar a fita-cola.


Diz que estamos na época dos casamentos...

Casamentos à parte, eu dava bem uso a estas sandálias da H&M! Todas em cetim, tanto ficam bem para uma cerimónia como com umas simples jeans e uma t-shirt básica.

Habemus voz

E depois de 4 dias sem voz, depois de muitos rebuçados de mentol, brufen, mebocaina e antibiótico, finalmente já consigo falar sem ser só murmúrios.  E posto isto, hoje ninguém me cala. Até o meu cão mais novo está ali a um canto a dormir pr´ai à duas horas só para não me aturar, porque ao mínimo movimento falo logo com ele (é o que dá estar em casa sozinha a corrigir relatórios de estagiários, não ter ninguém com quem falar e já não falar há 4 dias...).

Pelos olhos de uma criança

Estava eu a brincar dentro de casa com a minha afilhada do meio e o meu cão. O meu cão cheio de energia a esgotar a minha afilhada, a minha afilhada elétrica a agitar ainda mais o cão e eu à margem a apreciar a cena. Às tantas, e após muitos gritos de alegria, correrias e brincadeiras a minha afilhada pára (finalmente) e vem para a minha beira. Às tantas diz-me:
Ela: Podes abrir a janela? Eu: E para que queres que abra a janela (da varanda)? Ela: Para eu ir lá fora ver o mundo.

E eu que achava que da janela cá de casa só se via a rua... Sempre a instruir com os mais novos e a prender que aquilo que vemos à nossa frente é aquilo que lhe quisermos chamar.

B-Day

E por aqui já se entrou nos 31. Um dia preenchido e na companhia da família, com muita comidinha boa como se quer nestas alturas, muitas prendinhas e... sem voz! E a falta que a voz faz num dia destes. Bem, a voz faz sempre falta mas neste dia em que somos um bocado o centro das atenções faz ainda mais. Desde não poder atender as inúmeras chamadas que me fizeram porque simplesmente não dava para eu falar ou agradecer às pessoas a chamada até estar no almoço e querer entrar nas conversas mas quase ninguém se aperceber disso, foi um sem número de situações bizarras. Uma pessoa sente-se dependente e obrigada a muito contacto físico para se fazer "ouvir".
Não sei se isto de estar sem voz será um sinal ou uma pista qualquer do além para o ano que se principia mas está-me a querer parecer que é o divino a avisar-me para fazer mais uso dos ouvidos e menos da boca, que assim como quem não quer a coisa sempre são menos chatices para uma pessoa e os outros também deixam de me chatear…

Despedida de solteira (sem voz)

Estes últimos dias é sempre roda no ar. É despedida de soletira de uma amiga de curso, é o casamento dessa amiga, é festejos do Benfica, é festejos da Eurovisão, é jantares de amigos, é despedida de solteira de outra amiga, é mais outro casamento dessa outra amiga, mais aniversários... Até fico cansada só de enumerar.
Hoje há mais uma despedida de solteira e eu vou em versão afónica. E não foi dos festejos do Benfica. Até podia ter sido mas nesse dia estava num casamento e tive de ser comedida a extravasar a alegria que só Benfiquista compreende. 
Ontem comecei a ficar rouca e hoje estou sem voz e só vos digo que tem sido um sem número de situações caricatas. Sou eu a querer repreender algum dos meus cães porque estão a fazer asneira mas eles não me ouvem. São as pessoas que me ligam e mal me percebem porque eu só consigo grunhir uns barulhos estranhos. É eu ir a casa de um familiar, tocar à campainha e quando me perguntam quem é tive de fazer um esforço monumental para conseguir faz…

Demain tout commence

Tão bom este filme! Tão bom é pouco. Excelente! Este filme retrata a história de um homem (daqueles que só pensam em mulheres) que de um minuto para o outro descobre que é pai e se vê com a criança nos braços sem saber muito bem o que fazer. A mãe, após lhe ter entregue a criança desaparece, o que faz com que ele corra à procura dela para lhe devolver a criança. Nessa procura infrutífera pela mãe descobre que afinal ter uma criança não é assim tão mau e que esta passou a ser o motivo principal dos dias (vida!) dele. Ao longo do filme vamos vendo a cumplicidade crescente entre a filha e o pai até que aparece novamente a mãe... E o final? O final é brutal! Arrebatador! Vejam o filme e digam-me se eu não tenho razão quando digo que o cinema francês é muito bem e que nem sempre se lhe dá o devido valor.

Shin Chan... desenhos animados para adultos

Digam o que disserem, sempre achei que o sentido de humor nestes desenhos animados era mais direcionado para os adultos do que para as crianças. E pelos vistos há quem ache o mesmo e até tenha feito queixa sobre isso, como podem ver nesta notícia.
E posto isto, aqui estou eu a assumir que sou uma fã do Shin Chan (quer dizer, já fui mais. Desde que mudaram as vozes às personagens que fiquei um bocado reticente) e que se apanhar a série a dar no canal Panda Biggs não consigo mudar de canal.

Alergias

Eu que nunca fui pessoa dada a alergias, estou neste momento com a cara cheia de pequenas bolhinhas. Deitei-me domingo impecável, sem nada na cara e na segunda-feira quando acordei mais parecia que tinha posto esfoliante na cara e ficado colado de forma permanente. Tirando as pálpebras, tudo o resto está coberto de bolhinhas. É quase como se me tivesse rebolado na areia da praia depois de ter posto protetor solar. O que vale é que são quase imperceptíveis a terceiros, desde que não estejam a reparar muito em mim, mas passando a mãe a cara está cheia delas. 
Não consigo sequer suspeitar o porquê de estar neste estado. Não usei nenhum creme novo ou qualquer outra coisa diferente do habitual, não estive exposta ao sol, não estou a tomar nenhum medicamento... Tive um casamento no sábado, só se tiver sido alguma coisa que tenha comido por lá... (algum médico/a desse lado que me possa fazer um diagnóstico online? E já agora que me dê a cura!).
Hoje mal acordei a primeira coisa que fiz foi …

Esta semana estamos assim #63

Com um casamento pelo meio, a manicure tinha de ser pensada com base no outfit escolhido. Por isso a escolha desta semana recaiu num tom que combinou com o jumpsuit que levei e que acabou por fazer jus ao tempo (cinzento!) que se fez sentir no dia do casamento.

Começar a semana em modo Campeã

A sentir-me duplamente campeã. Futebol e música. Nunca mais o número 13 vai ser conotado como o número do azar!
Boa segunda-feira.

Wedding season

E por estes lados está oficialmente aberta a época dos casamentos. 
Hoje o primeiro, daqui a duas semanas mais outro e mais lá para a frente mais outro. E para já são estes três, todos de amigos. Bem sei que dizem que casamento molhado é casamento abençoado mas eu gostava sinceramente que o de hoje fosse o único com chuva e que não fosse necessária a chuva para serem abençoados (pensei que essa era a função do padre...).
E falando em superstições, nos últimos anos sempre que tive algum casamento em Maio o Benfica foi campeão. Hoje espero que se repita a tradição e por via das dúvidas, já avisei os noivos que ali entre as 6.15h e as 8.15h pode ser que tenha de me ausentar... No meio de tanta gente, acho que eles não vão dar muito pela falta de duas almas penadas!

Diz que está na moda

A sério que há alguém que ache isto bonito? Para o Carnaval eu até consigo achar piada, para o dia-a-dia acho só estúpido e de muito mau gosto.
E parece que a "panca" está a alastrar rápido, como podem ver aqui.

Instagram

Blogs que leio