Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de 2018

Começar o dia com ritmo (encarnado)

Já estava a faltar uma versão alternativa da música "Dona Maria"!

Episódios da vida doméstica

Cá por casa faz-se sopa com alguma regularidade, como forma de contornar o facto de eu não gostar de comer legumes (com excepção da cenoura, que gosto bastante e como com muita frequência). Assim sendo, e para que a sopa seja um mix bem generoso de legumes, quando estou a preparar a base enfio para lá o máximo de coisas possível e que estiverem disponíveis cá por casa: cebola, cenoura, alho, salsa, batata, feijão verde, brócolos, pimentos, chuchus... Vai tudo, e depois é só passar a varinha. Até aqui tudo bem, o problema é descascar os chuchus!!!! Eu não sei quanto a vocês mas estou a um nível em que prefiro descascar alhos e ficar com aquele cheiro de "espanta vampiros" nas mãos do que descascar chuchus. Aquilo pica como o raio (para não dizer outra coisa bem típica cá no norte)! Ou os chuchus que se consomem cá por casa são muito agressivos, ou então não me ensinaram como se deve descascar chuchus.
E antes que me digam que estou a ser mariquinhas e que devo ter mãos de qu…

Pausa para rir

O que é que se faz na minha cabeleireira enquanto se espera?  Ri-se. Ri-se muito!

Estes vídeos deram boas gargalhadas na minha última ida à cabeleireira.
Isto e as piadas em catadupa que a funcionária da minha cabeleireira conta.

Casados à segunda vista

Após uns primeiros dias atribulados de convivência conturbada, ultimamente andam assim. Sempre juntinhos, onde vai um vai o outro também, sempre com esta cara de melados cutchi-cucchi que apetece esfrangalhar de beijos e apertões.
Se ter cães fosse só este lado cor-de-rosa, eu enchia a casa de cães. Depois lembro-me de todo o pêlo que tenho de limpar quase todos os dias, dos pingos de bába pelo chão da cozinha e da sala, dos passeios em dias frios porque os cães têm de ir à rua, no dinheiro gasto no veterinário, na ração e nos treinos e depois penso "hmmm... 2 é um número bonito, é melhor ficar por aqui".





Adeus cabelo comprido

Já que não consigo cortar à massa gorda, corto ao cabelo. E assim se foram à vida cerca de 30 centímetros de cabelo. Está mais curto atrás e ainda tem algumas madeixas (em setembro fiz madeixas para o casamento, e quando cheguei à minha cabeleireira e lhe disse que era para cortar mais de metade do cabelo, primeiro paralisou e depois quase me batia, porque basicamente lá se ia o trabalho todo à vida. Mas ainda ficou alguma coisa a dar o ar de sua graça).
O meu único arrependimento até agora foi não me ter lembrado a tempo de guardar o cabelo para doar para o IPO. Quanto ao cortar tanto, zero arrependimento. Já o tinha posto assim curto à 3 anos e lembro-me que na altura adorei toda a logística de ter o cabelo pequeno. 

Antes:
(Nestas fotos, tinha cortado as pontas à poucos dias, porque o cabelo ainda estava ligeiramente mais comprido).
Agora:


Olá Macau

Um olá especial para aqueles que estão em Macau e vêm aqui a este cantinho dar uma espreitadela.  E atendendo ao fuso horário, tenham uma boa noite!  Até amanhã ;)

Prendas de natal sui generis

Num ano em que (me) convém ser um pouco comedida nas prendas de Natal e após ter ido fazer uma avaliação e me dizerem, sem pingo de piedade, que tenho excesso de massa gorda, estou a pensar oferecer no Natal às minhas pessoas especiais... massa gorda!! Sempre ouvi dizer que devemos partilhar o que temos a mais... E querem coisa mais importante do que darmos algo que nos vem de dentro?

O que se ouve por aqui

Por aqui o maridão já não vai a tempo de dedicar esta música à sogra (já há muito que ele  conquistou a filha da dona Maria), mas certamente haverá por ai muitos casais  recentes com uma sogra de nome Maria a quem podem dedicar a música.
Esta letra fica no ouvido e eu dou por mim a cantarolar ao longo do dia "dona Maria,  deixa eu namorar a sua filha, vai-me desculpar a ousadia, essa menina  é um desenho do céu"

Bolo de maçã e canela

Maçãs a acumularem-se na fruteira e a ficarem muito maduras e automaticamente me vem à ideia bolos e doces. O mês passado foi um crumble para usar as maçãs que já estavam muito maduras (usei esta receita), este mês foi bolo de maçã (retirei a receita daqui). Fica um bolo muito fofinho e saboroso (para quem gosta de maçãs, como é óbvio) e é muito simples de fazer.


Saído do forno e ainda sem estar polvilhado com açúcar de pasteleiro.
Já com a cobertura e sem um belo pedaço.

Pormenores cá de casa #3

Hoje não é propriamente para mostrar um cantinho cá de casa, um móvel ou uma peça de decoração. Hoje é para vos mostrar uma aquisição recente cá para casa, com a qual estou maravilhada. 
Toda a gente gosta de uma casa a cheirar bem (e não me estou a referir só ao cheirar a limpo ou ao cheiro de bolo acabado de sair do forno) e tudo o que possa ajudar nesse sentido é bem-vindo. Ainda por cima com dois cães em casa, é necessário  não deixar que a casa fique com "cheiro a cão".
Para além das habituais velas, agora temos este ambientador eléctrico que funciona com água ao qual se mistura umas gotas da essência que nós quisermos. Para já, neste momento, a minha casa cheira a baunilha e, graças a todos os santinhos, os cães ainda não se lembraram de ir brincar com esta peça (já o meu afilhado mais novo achou um piadão andar ali a meter os dedos no buraco e a tentar perceber de onde é que vinha aquele vapor). 


Para já temos o ambientador no móvel da tv que está na sala.  Desconfio…

New in - christmas time

Quando se muda de casa pela primeira vez há um sem número de coisas que é necessário comprar e muitas delas só o podemos fazer em alturas específicas do ano. É o caso de tudo o que seja alusivo ao Natal.  Mesmo que antes de mudar de casa pensasse em comprar as coisas de Natal, onde é que em julho ou agosto iria encontrar pinheiros, bolas e decorações natalícias à venda? Por isso, só agora é que estamos a tratar do assunto. Já compramos a árvore e na sexta-feira, aproveitando os descontos da Black Friday, tratamos da coroa para colocar na porta. 

Zara Home Link aqui (embora agora não esteja em promoção).
Esta coroa tem uns guizos no interior e faz barulho sempre que se toca nela. Foi lindo eu andar no shopping a passear com ela, e parecer que andava com algum animal com chocalhos dentro da saca das compras! Estou a pensar depois do Natal colocar a coroa no pescoço dos cães, assim sei sempre onde eles estão...

Dia de começar a despachar prendas

E em menos de duas horas despachei a prenda de aniversário para o meu pai e as prendas de Natal para a minha afilhada do meio, para o meu afilhado mais novo, para o irmão do meu afilhado mais novo e para o afilhado do maridão. Analisando as coisas, para menos de duas horas até que foi produtivo (vá, uma delas comprei online, caso contrário a esta hora ainda estava enfiada no shopping). E ainda apanhei algumas promoções bem jeitosas (sobretudo nos brinquedos para a criançada). E por esse lado, que tal corre a Black Friday?

Já podemos assumir que estamos na época natalícia?

A partir de quando é que podemos assumir as músicas de Natal como banda sonora dos nossos dias? A partir de quando é que posso pôr Michael Buble, Mariah Carey e afins a bombar no rádio do carro para cantar a plenos pulmões no caminho para o trabalho/casa? Estou a precisar muito de entrar em modo natalício. Já agora, a partir de quando é que podemos começar a fazer os doces de Natal e começar a comer em modo lontra esfomeada? Digam-me que não temos de esperar por Dezembro para tudo isto, que por mim era Natal 2 meses seguidos (e comia-se em modo alarve 2 meses seguidos).

Objeto de desejo da semana

Por muito que eu queira fugir a esta cor, os meus olhos batem sempre no mesmo. É na cor e nas bolsas, não percebo...
Link aqui.

Dilemas no feminino

Ou eu sou muito azelha e descuidada ou este tipo de meias/collants deveriam chamar-se meias descartáveis (sobretudo as mini-meias). É que raras são as vezes que eu uso umas e chego ao fim do dia com elas em condições!  Depois há um problema, um grande problema: acontece eu deitar fora a meia que está estragada e ficar com a boa. Isto até poderá parecer à primeira vista uma estratégia inteligente e económica mas não não se iludam: acumulo uma quantidade absurda de meias descasadas, que nunca hei-de ter paciência para tentar encontrar um par para elas, mas acho sempre que um dia, num estado zen que eu desconheço em mim, me vou sentar alegremente a emparelhar meias finas e ultra sensíveis.  E o problema não é só esse... é que depois há 327 tonalidades diferentes para a mesma cor. Depois, nem todas terminam no mesmo sítio da perna e entre o tornozelo e o meio da perna, há meias a terminar em cada milímetro diferente da perna. Não sendo ainda variáveis suficientes, umas tem o elástico lar…

Vamos falar de coisas extremamente importantes e úteis (só que não)

Hoje o dia de trabalho teve muitas horas, mal tive tempo para almoçar, andei a correr de um lado para o outro e a rezar a todos os santinhos para que encontrasse estacionamento rápido e para que não apanhasse muito trânsito pelo caminho entre as várias deslocações. O pouco tempo que tive para descansar um bocado foi quando fui à casa-de-banho e até este momento não foi lá grande coisa. 
Eu até nem sou esquisita quanto a papel higiénico mas quando temos de limpar o rabo a papel higiénico que mais parece aquelas toalhas de mesa em papel que se vêem em muitas tascas do nosso pais (pelo menos cá no Norte) dá-me assim uma certa indecisão. É nestas alturas que se eu tivesse um pénis, sacudia-o alegremente e fazia um pirete para o papel higiénico super áspero e duro da casa de banho que fui hoje.
E já que estamos a falar de um assunto extremamente importante e de alto recorte intelectual, partilhem-me as vossas experiências menos boas em casas de banho públicas .

Pormenores cá de casa #2

Este cantinho do escritório ainda não está, de todo, acabado. Ainda falta uma carpete e umas almofadas no sofá e quiçá uma mesinha de apoio na lateral do sofá. Mas gosto tanto do nosso sofá do escritório que partilho já convosco.  No sofá da sala não arriscámos tanto na cor, escolhemos uma cor mais sóbria, mais "neutra" para depois podermos dar largas à imaginação no resto da decoração. Mas no escritório optamos por ser o sofá a peça central e apostamos neste amarelão aveludado e estamos in love pelo nosso sofá .

Dia E

Hoje é o dia em que vamos fazer a escritura da nossa casa. A nossa casa.
Embora já estejamos quase há um mês a morar cá, só hoje vamos fazer a escritura. Ou como quem diz, hoje vamos ficar com a nossa conta bancária muito levezinha e com uma dívida à banca até sermos velhinhos. Mas entre estarmos a pagar uma renda de uma casa que nunca será nossa ou pagar uma mensalidade de uma coisa que um dia (lá muito para a frente) será nossa, pareceu-nos mais vantajosa a segunda opção. E com os preços que se estão a praticar hoje em dia com o arrendamento, posso dizer que fizemos bom negócio. E se vamos a pensar em tudo de mal que pode acontecer no futuro, nunca arriscávamos nada nem comprávamos nada.

Sim ou não?

Que me dizem de ir publicando por aqui alguns detalhes e pormenores da decoração cá de casa? Não é que para já haja grande coisa para mostrar porque ainda estamos na fase inicial, na fase de irmos construindo o nosso ninho devagar, mas aos poucos vai-se lá e eu gosto de pensar em cada detalhe, em cada pormenor. Comprar cada coisa a pensar especificamente naquele cantinho que ainda está vazio e que precisa de ganhar uma cara nova. Não compor só por comprar e por achar bonito, tenho de saber para que sítio é que vai cada peça.
Para já deixo-vos com as últimas compras cá de casa no que toca a decoração. Esta combinação de objetos foi colocada no armário da casa-de-banho de serviço. A cerâmica (como se pode ver na imagem) é escura, então o dourado e o espelho na base quebram a cor das cerâmicas, dando cor ao espaço, mas sem perder a sobriedade.





Gostaram da combinação? Todas as peças à venda na Casa ver site

Bohemian Rhapsody

Este filme era obrigatório. Para quem gosta de Queen não há desculpa para não ir ver. E que venha a crítica dizer que há muitas imprecisões, que o filme não retrata devidamente a vida promiscua do grande Freddie, que se baralharam nas datas, que deixou de lado músicas mais importantes, bla bla bla. Se não fosse por mais, este filme vale só pela excelente banda sonora. Mas também vale pela excelente interpretação de Rami Malek que interpretou na perfeição todos os tiques e maneirismos do Freddie.
Quem gostar de Queen recomendo. Quem não gostar (primeiro não percebo como é que há alguém que não goste de Queen) que vá rapidamente ouvir a discografia toooda e depois vão ver o filme! E já agora os muitos documentários que já se fizeram sobre esta banda tão icónica.

Prioridades

As prioridades de cada pessoa mudam efetivamente (e rapidamente!). Percebe-se isso quando uma pessoa deixa de preferir o shopping de sempre quando "precisa" de ir às compras porque não tem tantas lojas de decoração/casa como outros shoppings da redondeza.
Já não interessa se tem zara, massimo dutti, h&m, pull&bear, oysho e afins. Ultimamente vou a um shopping e as poucas (às vezes únicas) lojas que entro são zara home, area, o gato preto, espaço casa, casa, ikea, e outras do género, que habitualmente não entrava e que vou descobrindo. O único problema é que nas lojas de antigamente, por meia dúzia de euros comprava qualquer coisa engraçada, nestas nem sempre é assim... Andamos à procura de um cadeirão para o closet e de um móvel para pôr no hall de entrada (e taaaantas outras coisas, mas estas duas são para já a prioridade) mas até agora, todos os que gostamos fizeram com os olhos nos saltassem fora quando vimos o preço. (ou então que ponderássemos negócios ilícitos…

O nosso pequeno santuário cá de casa

Demorou mas felizmente as caixas já estão todas arrumadas, já não há tralha espalhada pela casa e a casa começa a ter aspeto de lar (com tudo o que ainda lhe falta mas aos poucos se vai lá). O que ficou logo arrumado (quase) desde o início foram os nossos "mantos sagrados", que nisto das coisas sagradas não se pode procastinar e tem de estar logo tudo no seu devido lugar. Volta e meia ainda aparece mais um apetrecho qualquer vermelho e branco (canetas, porta-chaves, estandartes, bonecos e afins), mas parece-me que assim o santuário está bem organizado. Os livros encarnados também já têm o seu devido lugar no nosso escritório e têm uma prateleira só para eles (não há cá misturas. Não há cá misturar manuais de doenças mentais ou de programação informática com o Benfica).

Objeto de desejo da semana

Esta peça é tão a minha cara. Não sei desde quando mas tenho um fascínio por globos. E este é tãaaaaao bonito.
Zara Home Link aqui.

The good doctor

Para mim bastou ler que era do mesmo produtor da série "House" (uma das minhas séries preferidas) para me suscitar (muito) interesse. Depois, percebi que não era simplesmente mais uma série de médicos mas acrescentava a particularidade de termos como personagem principal um médico autista. E depois destes dois argumentos, bastou ver o primeiro episódio para confirmar que é uma série que vicia. Já lá vão seis episódios devorados para vos poder dizer que vale muito a pena.  Vem ai o tempo frio, as tardes de domingo no sofá e é preciso ocupar o tempo com coisas interessantes. Fica a dica, não têm de agradecer!

1 mês de marido e mulher

1 mês. O primeiro de muitos. O primeiro de uma vida a dois. O primeiro de uma história que já conta com 7 anos de namoro. Um mês muito feliz. (e finalmente acabamos de desempacotar todas as caixas e arrumar tudo no sítio na casa nova)

O peso do trabalho

Questiono-me sobre o quão pesada deve ser a minha pasta de trabalho quando a coloco no banco do passageiro e o carro assume que vai ali alguma pessoa sentada e começa a dar sinal para colocar o cinto de segurança. Ou os sensores dos carros são feitos a pensar em pessoas peso-pluma ou então em ando mesmo com muito peso na minha pasta (desconfio que seja um misto das duas opções).

Já cheira a fim-de-semana

E ao fumo também, que o povo cá no norte só sabe fazer fogueiras!  Uma pessoa nem pode abrir as janelas de casa que fica logo tudo a cheirar a fumo!

Desabafo pessoal

Uma semana depois de ter voltado ao trabalho e já estou a precisar de férias. Era tanto assunto pendente para tratar (por causa de ter estado 15 dias out em lua-de-mel) que só hoje é que me comecei a organizar no meio de tanta coisa. Só hoje é que comecei a ver a luz ao fundo do túnel face aos muitos e-mails por responder/tratar, relatórios para corrigir, consultas para preparar e dar, estagiários para supervisionar e afins.  Entretanto, quando meter a chave à fechadura lá em casa vou perceber que o caos ainda está instalado lá por casa, ainda há muitas caixas por arrumar, ainda há muitos armários por organizar, ainda há muitas coisas para comprar para que a nossa casa deixe de ser uma casa e passe a ser um lar.  Claro que, com este cenário, é óbvio que assim que eu me estendo no sofá para ver um filme ou uma série, ainda nem o genérico terminou e já eu estou a dormir (e só não me estou já a babar porque o sofá é novo e é capaz de ficar manchado...).

Apesar do roupeiro cá de casa já estar cheio, é capaz de ainda haver espaço para esta camisola...

Se eu não vos dissesse de onde é esta camisola, possivelmente apontariam para uma das lojas de fast fashion habituais, com um preço que não ultrapassaria os 40€. Uma camisola normal, que novas e velhas usariam e que, com os dias frios a aproximarem-se seria uma mais-valia no guarda-roupa de qualquer uma... Pois bem, esta simples camisola é de cashmere, da marca Céline e custa a módica quantia de 1200€ (!!!!!). Por este preço desconfio que na compra da camisola oferecem uma viagem em regime de tudo incluído durante 5 dias. Estou tentada a comprar só para ver qual é o brinde... Para quem também estiver curiosa(o) com o brinde, o link da compra é aqui.

Bipolaridade

Alguém me explica como é que eu na semana passada estava a espalhar protetor solar no corpo e a apanhar banhos de sol e hoje estou aqui com três camadas de roupa e mesmo assim, com as mãos e pés gelados?  Onde é que está o Outono? Onde é que estão os dias em que as manhãs e os fins de tarde são frescos e as tardes solarengas? Onde está aquela transição suave entre o Verão e o Inverno?

Sinto-me uma dondoca, daquelas que não faz nada para não estragar as unhas

Contratamos uma empresa de limpeza para vir cá a casa fazer uma limpeza profunda, que isto de vir para uma casa pós-obras requer medidas drásticas. É tinta nas cerâmicas, pó por todo o lado, a madeira do chão toda suja, silicone, cimento ainda nalguns sítios... a modos que eu ainda comecei a tentar limpar, mas rapidamente percebi que não ia longe. Por isso, desde ontem que anda uma empresa de limpezas cá em casa.  Ontem à tarde, os meus planos eram ficar por casa a trabalhar enquanto eles limpavam. E o cenário foi mais ou menos este: 4 pessoas de um lado para o outro, cheias de panos, esfregões e detergentes a limpar e eu alapada numa cadeira em frente ao portátil sem levantar uma palha. Vá, de vez em quanto ainda levantava o traseiro e ia-me sentar no sofá porque as senhoras da limpeza queriam limpar o chão na zona onde eu estava no portátil e eu lá tive de me ir estender no sofá.  A minha ideia de trabalhar é que foi por água abaixo porque, com o barulho do aspirador e das pessoas …

Casadinhos de fresco e eis a primeira encomenda online a chegar-nos às mãos

Fizemos a encomenda ainda em solteiros, mas só lhe deitamos a mãe em cima quando chegamos de lua-de-mel. Mais uma para o nosso "santuário encarnado" que se vai montar cá em casa. Com o número 28 estampado nas costas, a lembrar o nosso grande dia, terá certamente um lugar de destaque entre as muitas que já habitam cá em casa.
(Sim, a restante casa ainda está um caos, a maioria da nossa roupa ainda continua perdida em caixas ou enfiada em armários de forma aleatória, mas tudo o que é "manto sagrado" já está devidamente pendurado e arrumado num armário).

I´m alive

Pode parecer mas não estou falecida. Apenas casei, fui de lua-de-mel e estou em processo de mudança de casa.  Percebi hoje, quando peguei no meu portátil, que já não o ligava à quase 3 semanas. Se é para desligar do mundo, que seja em pleno; e tem sabido bem desligar, só que amanhã já é dia de trabalho e, por isso, hoje tem de se preparar a semana de trabalho (já estou há 3 horas a responder a e-mails e a tratar de assuntos pendentes de trabalho. E só estou a pegar nas coisas mais urgentes...). Sabe tão bem desligar, mas é tão doloroso voltar à realidade e perceber o trabalho que se acumulou na nossa ausência... Agora estou aqui sentada na mesa da sala de jantar, rodeada de caixas e mais caixas, tralha por todo o lado e a pensar onde é que tenho os tachos e panelas para fazer o almoço e como é que eu vou dar conta de tanto trabalho acumulado! Também já percebi que não sei em que caixa é que terei umas calças para levar amanhã para o trabalho e onde é que está o calçado para enfrentar…

A dar tudo nas últimas compras enquanto solteira

Mentirinha, foi só mais um par de sapatilhas para juntar à coleção. E dizem vocês - "Nesta altura do campeonato não tens mais onde gastar dinheiro: casa, casamento, lua-de-mel?...". Tenho, mas também tenho uma distensão muscular nas costas (e mais umas contraturas que se juntaram à festa entretanto) que me está a limitar (e muito!) os movimentos e só por precaução fui comprar umas sapatilhas novas para, caso no dia não aguente com os saltos de 10cm, descer ao andar de baixo.
A ideia inicial quando fui ver sapatilhas era serem umas brancas assim todas cutchi-cutchi-fofinhas-cheias-de-mariquices e que não chocassem muito com um vestido de noiva mas depois olha, a paciência para andar a ver lojas era nenhuma, a ideia de comprar umas all star novas já estava instalada há muito tempo, a sport zone estava com alguns modelos all star com 30% de desconto e pimba, vim de lá com estas. Também não se vêem e não e sei que lhes vou dar muito uso! 
(#EsperoNãoTerNecessidadeDeAsUsarNoDiaD…

O que é que é mesmo espetacular acontecer a 4 dias do teu próprio casamento?

Ter uma distensão muscular nas costas e parecer uma velhinha com dificuldades de locomoção sempre que tenho de me mexer. Pior que isso, é que não posso fazer grandes tratamentos/massagens porque, com a facilidade com que fico pisada e com nódoas negras, se andassem para aqui a massajar, ia para o casamento com as costas tipo um dálmata (e não quero que fiquem a achar que estou a casar contrariada e que o meu futuro marido me dá porrada!). Por isso, a modos que hoje lá tive de ir chatear uma amiga fisioterapeuta para ela remediar a coisa.

Digam lá que eu não sou uma pessoa extremamente organizada e que gosta de planear a longo prazo!

No meio de planear e organizar um casamento, comprar uma casa (e tratar de tuuuuudo o que diz respeito ao processo "comprar casa") e mais o trabalho habitual em quatro sítios diferentes que me ocupa grande parte do dia, ainda arranjei tempo para tratar já de uma prenda de Natal. Só falta ir comprar mas já está mais do que escolhida!  Uma pessoa apanha o ritmo de tratar de mil e uma coisas por dia, e quando dá conta já está a tratar de cenas para o Natal.

Wedding day

A dias do meu casamento, bora lá descontrair no casamento de um dos meus melhores amigos. A única coisa triste no meio disto tudo é que, como ele casa hoje e depois vai de lua-de-mel, não irá estar presente no meu casamento (tantos dias que tínhamos para casar e sem qualquer combinação, casamos com seis dias de intervalo. Só não temos pontaria nos jogos da sorte). Tirando esse pequeno pormenor, espero que o dia corra à medida daquilo que ele idealizou e sobretudo que se divirta muito e seja um dia muito feliz.

Trapinhos que são a minha cara

Vestido com cinto a contrastar - Zara ref. 2157/249

Esta semana estamos assim #76

Com o casamento de um dos meus melhores amigos já amanhã, a escolha hoje  foi a pensar no outfit do casamento dele.
Daqui a uns dias já troco novamente a manicure, desta vez para o meu casamento!
Está quase...

Como começar a semana em nervos

Sair de casa com tempo e mais que tempo para chegar ao trabalho antes da hora, apanhar obras na estrada, ver os minutos a passar, a hora de entrada a aproximar-se, os nervos a aumentar... e depois de muito nervoso miudinho, lá conseguir chegar exactamente às 9:30h, hora que hoje iniciava o dia de trabalho. Ufa... Amanhã venho por ouro caminho, nem que tenha de andar mais kms, ou sair de casa ainda mais cedo!


E hoje que precisava tanto de ter tomado um café antes de começar a trabalhar, nem  tempo tive para isso!

Instagram

Blogs que leio