Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens de Outubro, 2015

Isso é o mesmo que perguntar a alguém se quer levar um pontapé nas trombas

Estava eu em conversa com o namorado a combinar os dias da próxima semana em que dá para irmos juntos ao ginásio e o diálogo que se seguiu foi o seguinte:
Eu: Podemos ir na segunda-feira. Eu tenho reunião ao fim da tarde mas deve terminar lá para as 19:30h. Ele: E a essa hora vai-te apetecer ir ao ginásio?!... Eu: Claro que não me vai apetecer! Alguma vez me apeteceu ir ao ginásio? Qual é que é a vontade de uma pessoa sair do trabalho, já tudo escuro, a apetecer ir para casa calçar umas pantufas quentinhas mas enfiar antes as sapatilhas e ir para o ginásio? 
E pronto, morreu por aqui o assunto. Eu à espera que ele não me deixasse pôr em prática as minhas desculpas esfarrapadas para não ir ao ginásio e que me motivasse para ir mas ao invés disso apenas confirma a minha falta de motivação. Assim não há condições.

Ramboia de sexta-feira à noite

Fim-de-semana à porta e o que é que estou a fazer? Não, não estou a escolher um modelito para ir para a noite com as amigas. Não estou sentada à mesa num jantar de amigos. Não estou num jantar romântico com o namorado. Não estou na fila do cinema para ver um filme. Estou estendida no sofá, com um olho a espreitar para a tv (porque está a jogar o Benfica) outro para o pc porque ainda tenho de despachar uns e-mails de trabalho e à espera que esta dor de cabeça (bastante!) chatinha se vá embora.  A minha sexta-feira à noite promete ser a loucura! Uma animação pegada! Então só de pensar que amanhã tenho de acordar às 7:30h para levar a minha irmã à Universidade para fazer uma frequência então é que fico numa euforia que só visto.

A minha experiência com a Uber

Este fim-de-semana estive por Lisboa e como o tempo não estava propriamente convidativo para andar a pé e como não me apetecia muito andar a levar com a chuva e o vento nas trombas decidi experimentar a Uber. Depois de tanta publicidade aquando da greve dos taxistas e depois de alguns comentários positivos de conhecidos que já tinham experimentado eu e o namorado decidimos testar se era a maravilha que nos tinham falado. Toca a descarregar a aplicação (gratuita), fazer o registo (que é super rápido), adicionar um cartão à conta (pode ser o cartão multibanco ou através de MbNet) e voilá, é só chamar um carro. Sem ser preciso gastar dinheiro a fazer chamadas, é tudo feito pela aplicação. Em poucos minutos tínhamos o carro no sítio que pedimos. Um carro bastante limpo, um motorista bastante simpático e preocupado com o nosso conforto e uma viagem muito prazerosa. No final não é preciso estar a contar moedinhas no porta-moedas porque o pagamento é automaticamente debitado do cartão que a…

Diferenças entre o Norte e o Sul

A vontade e a energia com que as pessoas do Norte debitam palavrões e insultos num jogo de futebol não tem comparação possível com mais nenhuma região do país. Os insultos vem de dentro, vem com vontade própria. Enche-se a boca antes de os mandar cá para fora. O som das palavras é diferente. Consegue-se facilmente distinguir uma pessoa do Norte no meio de um estádio de futebol. Então se for num jogo "quente", o número de palavrões por minuto é uma coisa impressionante. Às vezes a minha veia de Nortenha vem ao de cima nos estádios de futebol. Infelizmente, neste fim-de-semana fiquei rapidamente silenciada e nem deu para deitar cá para fora as frustrações da vida. É que isto dos palavrões parece uma coisa leviana mas alivia a alma. Basta termos um bode expiatório (que geralmente ou é o árbitro ou o treinador) e é um corridinho de frases impróprias para menores.

De coração cheio

Começo a semana de coração cheio e energias recarregadas. Tão bom que é surpreendermos aqueles que gostamos. E este fim-de-semana foi de emoções fortes.  Uma das minhas melhores amigas (que está a morar em Paris) veio mostrar Lisboa no fim-de-semana a uns amigos Franceses e ao namorado (também ele Francês). Atendendo a que somos ambas do Norte ela não estava a contar que eu lhe aparecesse à frente (até porque lhe tinha dito que andava assoberbada de trabalho, precisamente para ela não desconfiar de nada). Quando lhe apareci à frente ficou de boca aberta e paralisada. Depois segui-se a reação. E é impagável ver uma reação tão verdadeira e espontânea. E quando ela achava que a surpresa já tinha terminado e já estava minimamente recomposta, eis que lhe aparece também a irmã à frente (depois fomos todos ver o Benfica e ai fomos todos surpreendidos com uma derrota humilhante... snif snif snif). Que bom que foi. Tão bom as emoções genuínas, com direito a lágrimas de felicidade, caras de su…

Não há paciência para isto

Ainda há poucos dias sai de uma gripe e já estou novamente com a garganta a doer e inflamada, com as amígdalas todas salientes e a doerem. Já não há paciência. Detesto estas oscilações de temperatura ao longo do dia em que de manhã é sabe bem um casaco fino, de tarde quase que dá para ir trabalhar para o bronze e à noite está um frio de rachar.  Estou farta de andar com os anti-inflamatórios atrás, com a garganta a doer e com dificuldades para trabalhar já que grande parte do meu trabalho nesta altura é dar formação e custa-me a falar, Posto isto, resta-me de consolo saber que o fim-de-semana está à porta.

Até fico cansadinha das vistas

Adoro conduzir. Adoro sobretudo conduzir sozinha e ir perdida nos meus pensamentos, sem ter de falar para ninguém. Conduzir ajuda-me a organizar as ideias, a planear as coisas que tenho para fazer. Agora, se há coisa que detesto é conduzir quando o sol se está a pôr. Não há óculos de sol que resistam, nem mesmo baixando a pala do carro. Vai ali uma pessoa em esforço com os olhos semi-cerrados a tentar ver alguma coisa e a rezar para que não se atravessa nada à frente.

Às vezes ainda fico parva com as pessoas

Ou eu sou muito tapadinha e continuo a achar que as pessoas no geral sabem funcionar bem e de forma coerente ou então este mundo não é próprio para consumo. Então no que toca à educação das crianças e à transmissão de modelos e valores é de deitar as mãos à cabeça. Eu não sou mãe, provavelmente se um dia o for irei cometer muitos erros e irei fazer coisas que até ter um filho achava inconcebível. Mas embora não tenha nenhum filho, tenho crianças na família a quem tento incutir regras e valores, trabalho com crianças com diferentes problemas e "feitios difíceis" e vou ganhando algum treino. E uma das lições que fui aprendendo com o tempo é que é preciso saber ter paciência com as crianças. Educar custa e demora muito tempo. Não se pode querer ensinar todas as regras de bom comportamento (se bem que o bom comportamento é muito subjetivo) em 5 minutos, não se pode pedir às crianças para agirem de uma maneira e nós adultos (supostos modelos de referência) fazermos precisamente …

Tempo de voltar aos clássicos, em tons de azul

Há marcas que não desiludem. Quem não cresceu com a famosa "latinha azul" por perto? Por muitas voltas que uma pessoa dê, acaba sempre por voltar às marcas de sempre. E a Nivea é uma delas. Recentemente renovei o stock cá de casa com estes três produtos. E só não veio também o batom do cieiro azul porque a minha Geleia Real da Oriflame que eu adoro ainda vai a meio (era tão mais fácil -  entenda-se económico - eu não me perder tanto com cremes e afins...).

New in

Imagens retiradas do site
Já o tinha visto no site. Calhei de o ver em loja e de o experimentar e pronto, veio comigo para casa. O melhor de tudo é que estava na secção dos "special price" e estava muito em conta.

Amém

O que se faz num Domingo de chuva e vento? Naaaaada! Como eu adoro "domingar"

E eu a achar que passava despercebida

Aquele momento em que me cruzo com a minha nutricionista na casa-de-banho do ginásio e a primeira coisa que ela me diz é "Já há muito que não te vejo no ginásio! Não temos consulta já para a semana?" Pois... a culpa é da gripe. Tem de ser de alguma coisa, menos minha. Eu adooooro ir para o ginásio cansar o corpo, transpirar como se tivesse tomado banho de roupa vestida e ficar com os músculos a doer...

Hoje é um dia especial

Parabéns ao melhor tio do mundo. E olhem que eu tenho muitos tios, tenho uma família bastante grande (11 tios da parte da mãe e 7 da parte do pai) por isso a amostra é grande e sei do que falo. Mas este é especial. É como se fosse o meu irmão mais velho, o meu companheiro de parvalheiras e brincadeiras desde que me lembro de ser gente, o meu colega de estudo no tempo em que ambos estudávamos, o confidente, aquele com quem desabafo. Que bom que é poder ter um tio assim. Sou uma sortuda. Parabéns H. por mais este ano. Que este ano seja para lá de espetacular. Que consigas realizar todos os teus objetivos e que a felicidade e a alegria sejam as tuas melhores comapnhias.

Ainda é muito cedo?

Para começar já a pensar no Natal? É que ontem fui ao shopping e muitas das lojas que entrei já tinham coisas alusivas ao Natal. E isso espicaçou em mim a vontade de começar já a decorar a casa, a ouvir músicas de Natal, a pensar nos doces de Natal...

Para mim há limites na hora de sentar à mesa

O que não faltam agora são programas de culinária. É o Master Chef, o Prato do Dia, o Cook Off, o The Taste e mais uma série deles. Há para todos os gostos e em todos os formatos. Seja a ensinar a fazer pratos tradicionais, seja a fazer doces, seja em concursos, há para todos os gostos. Mas chega-se a um ponto em que se quer ser tão diferente e criativo que se chega ao cúmulo de fazer pudim de sangue! Sim, leram bem, não estou a inventar. E "não", não era um programa de culinária para vampiros. De facto a criatividade não tem limites, mas quando se trata de comida, para mim há um limite do que é aceitável meter goela abaixo. Se já me faz confusão aquelas papas de sarrabulho que levam sangue de porco coalhado e depois frito, imagino comer pudim de sangue!
E no dia em que falo de programas televisivos de culinária, eis que o famoso Chef Silva nos abandonou. Fica a sua grande obra e uma palavra de agradecimento em representação de todas as donas de casa que o tiveram como insp…

O que tem de ser, tem muita força

Vamos lá castigar o corpinho. E acreditar que se eu castigar o corpo de forma insistente e persistente, um dia irei ter uma barriga assim - lisa, tonificada e liiiinda. E já agora umas pernas também tonificadas e sem celulite.  Porque é que eu gosto tanto de comer gordices e tão pouco de fazer exercício físico?! 

Existem os filmes banais...

E depois existem estes - filmes fantásticos e soberbos! Com uma excelente história, excelentes interpretações e que nos deixam a pensar no assunto. Recomendo. Mesmo! (No IMDB está com uma pontuação de 7.2). Este filme é já do ano passado mas só agora o vi e adorei. O nome original é "x+y" (a versão alternativa ao nome original é "A Brilliant Young Mind").

A culpa é dos e-mails que a Mango me manda a avisar que chegaram produtos novos às lojas

Uma pessoa fica curiosa, vai ver as peças novas ao site e depois o meu coração fica a palpitar com as novidades! Ainda por cima estou a precisar de comprar algumas partes de cima... Bem, pelos vistos parece que passei a precisar também de calças. E vestidos! Não está fácil resistir.

Paper Towns

Num Domingo onde a chuva e a gripe não deram tréguas, foi tempo de pôr os filmes e séries em dia. Acabei por ver este apenas na expectativa de ver a interpretação da Cara Delevingne. Resumidamente este é um filme pipoca, ou seja, um filme de domingo à tarde para entreter. Uma história já muito batida: um grupo de jovens muito certinho  no último ano do ensino secundário e que se envolvem numa aventura de forma inesperada. O resto deixo para quem tiver curiosidade de ver. Mas não criem grandes expectativas...

Desabafo de alguém que está cansada de estar com gripe

Fartinha desta gripe ou lá o que é que há mais de uma semana me está a pôr em baixo. Primeiro foram as dores de garganta, depois a tosse, seguiu-se o pingo, depois as dores de cabeça e mais recentemente dores de costas e (espantem-se!) dores nos maxilares! Se é para ser, que seja em grande. Com tudo e mais alguma coisa. Comigo é assim, vem sempre o pacote completo (e o Inverno ainda está longe...).
Algum médico desse lado para me fazer um diagnóstico à distância? Ou melhor ainda, para me indicar uma solução milagrosa para ver se fico boa de uma vez por todas? Estou cansada de estar deitada sempre que não estou a trabalhar, para ganhar forças para quando tenho de o ir fazer. Estou cansada de estar sem forças e sem energia, de falar anasalada e ter de andar sempre com os lenços atrás e a enfardar comprimidos para as dores.

Obrigada

E quase que me passava ao lado o já ter ultrapassado as 100 000 visualizações. Sei que ao lado de 99% dos blogs que para ai andam não é nada mas para mim é alguma coisinha. Obrigada a quem vem aqui e, de vez em quando, deixa uns comentários, uns likes e afins. Só por causa das coisas logo até vou jantar com uns amigos para festejar! Bem... não é bem por causa disto... O jantar já estava marcado há quase dois meses e alguns desses amigos nem conhecem o meu blog. Mas pronto, pareceu-me coisa de gente fina e percebida na matéria dizer que ia celebrar.

Bom fim-de-semana

Para começarem o fim-de-semana com uma boa gargalhada.
(Roubado descaradamente daqui)

Corram antes que desapareça das prateleiras (pelo menos a este preço)

Poucos produtos conheço da Corine de Farme. Assim de repente acho que só testei dois ou três, mas o que é certo é que gostei bastante de todos os que usei. Já há mais de um ano que uso a "água pura micelar" desta marca e adoro. Já renovei o stock mais do que uma vez (em equipa vencedora não se mexe) mas hoje fui ao LIDL e estava lá esta da versão Bio e eu, uma fácil, lá me deixei convencer pelo delicioso cheirinho a bebé que esta deixa na pele (quem disse que os produtos de bebé são só para ser usados em bebés!?). Melhor foi quando percebi que estava em promoção e que este mega frasco de 500 ml estava a 2.99€! (sim, 2.99€, não me enganei a escrever o preço). Depois percebi porque é que já só havia um frasco... Mal cheguei a casa testei-a logo para tirar a maquilhagem e digo-vos que é maravilhosa! Tira a maquilhagem facilmente sem ser preciso andar ali a esfregar, não arde a pele nem a zona dos olhos e deixa um cheirinho tão bom! (E eu nem sou paga para falar bem da marca. Im…

Objeto de desejo da semana

Lemon Jelly

Esta semana estamos assim #46

Em versão vermelhão. E ainda na onda do verniz de gel.

E só de pensar que a minha querida T. que me trata das unhas, no próximo mês já não vai estar a trabalhar porque está à espera de bebé já sinto a minha vida a andar para trás no que toca a tratar das unhas. Uma pessoa habitua-se a andar uma eternidade de dias com as unhas impecáveis, brilhantes e sem lascar que quando nos lembramos da vida antes do verniz de gel até deixamos cair uma lágrima. Vá, estou a ser exagerada. Mas que nos facilita a vida isso é inegável.

Demasiado meticuloso para mim

Sou uma mulher prática no que toca às lides domésticas. Tudo o que exista para nos facilitar a vida na hora de virarmos donas de casa (desesperadas!) é uma bênção. É impensável pensarmos na nossa vida hoje em dia sem máquina de lavar roupa, aspirador, ferro de engomar elétrico, máquina de lavar loiça... E é precisamente a máquina de lavar loiça que ultimamente me põe a praguejar sempre que tenho de meter as coisas lá dentro. Bem, não é todas as coisas, é só os talheres. Cá em casa mudou-se de máquina de lavar loiça à coisa de um mês. A anterior morreu para a vida e então comprou-se uma nova. O problema é que esta ao invés de ter aqueles cestinhos típicos para os talheres tem uma gaveta fininha na parte de cima onde tem de se dispor os talheres ordenadamente tipo caixa de faqueiro.  Não imaginam o que eu praguejo de cada vez que tenho de estar ali a pôr garfo por garfo, com os dentes todos virados para o mesmo lado, separar os garfos, as colheres e as facas para que encaixe tudo bem! …

Engordar pelos olhos

Serei só eu que sempre que vê algum programa de culinária na televisão fica cheia de fome e com vontade de comer este mundo e a cabeça do outro? E ter televisão por cabo não ajuda porque o pecado mora à distância de um clique. Tenho de me afastar do canal 24Kitchen como o diabo foge da cruz. Estou a olhar para a tarte que está a ser feita agora e estou a salivar. E eu nem morro de amores por morangos. Mas até isso me parece um pormenor insignificante!

Está tudo trocado

Agora que me andei a abastecer de chá frio é que tenho de me virar para o chá quente porque tenho a garganta toda dorida. Por via das dúvidas, e já que parece que tenho queda para os opostos, estou a pensar comprar um guarda-chuva a ver se o sol volta outra vez.

Venha o Episódio VII

Tudo visto. Os seis episódios todos vistos. Um incontornável da história do cinema.  Agora é esperar por Dezembro para ver o episódio VII.

Chegados ao fim #18

O Verão já acabou e com ele acabaram também alguns produtos indispensáveis nesta época do ano. Pelo menos dois deles serão para repetir no próximo Verão.



1 - Protetor solar Cien Sun - Invisible: comprei este protetor no Lidl (se não me engano custou à volta de 4€) e adorei. É super fácil de espalhar, absorve rapidamente, tem um cheiro agradável e efetivamente protege a pele dos raios solares. Para o próximo Verão já sei onde me abastecer. Só é pena é não terem também protetores específicos para a cara. Gostei mesmo deste protetor e o facto de ser em spray facilita ainda mais na hora de o espalhar.
2 - Creme de corpo nutritivo Milk&Honey da Oriflame: com o Verão e a exposição ao sol se não tivermos atenção à hidratação e nutrição da pele, facilmente fica seca. Este é um dos meus cremes preferidos da Oriflame. É um boião de 250 ml e dura imenso tempo. É super cremoso e deixa a pele mesmo macia. É rapidamente absorvido e deixa um aroma super suave e agradável na pele. Com este creme…

Até o blog está a conspirar contra mim

Ontem tive uma reunião de trabalho que correu mal (ou melhor, correu como eu estava à espera - com um mau desfecho). Hoje acordei com a garganta a dar sinais de que me vai tramar o fim-de-semana. As costas continuam a doer-me. E o blog agora está a armar-se em fino e não dá para carregar imagens. O que vale é que o fim-de-semana está à porta (e parece que a chuva também).

Instagram

Blogs que leio