Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta nutricionista

Não está mal

Num mês em que fui muito desleixada com o exercício físico, onde houve muitos "dias da asneira", muitos doces pelo meio e chegar à hora da balança e pesar menos 300 gramas não está mau de todo. O mal é que essas 300 gramas que perdi foram de músculo, porque a massa muscular baixou (contrariamente à massa gorda). Mas mesmo assim achei que ia chegar lá e que ia ter mais um quilo no lombo. Ainda sai de lá com a recomendação de não me pôr a beber litros e litros de água por dia porque isso pode ter o efeito inverso para quem tem retenção de líquidos e ficar-se ainda mais inchada (e consequentemente pesada). Acima de 1.5 litros só em dias de calor (por causa da transpiração) ou quando praticar exercício físico. Não é preciso estar a afogar-me em água como muitas vezes se houve por ai a dizer que devemos beber mais de 2.5 litros de água por dia. Claro que esta recomendação se aplica a mim mas pode não se aplicar a vocês. Cada caso é um caso.

Vou coser a boca até amanhã

Deve ser por amanhã ser dia de nutricionista que hoje só me apetece comer porcarias. Para já ainda me consegui controlar, mas o dia ainda vai a meio... Não sei se sou suficientemente forte para não abrir a minha gaveta das gulodices, ou para me perder nas bolachas. O que sei é que amanhã é dia de asneira. Dia de ir à nutricionista é sinónimo de asneiras mal saio porta fora.

E eu a achar que passava despercebida

Aquele momento em que me cruzo com a minha nutricionista na casa-de-banho do ginásio e a primeira coisa que ela me diz é "Já há muito que não te vejo no ginásio! Não temos consulta já para a semana?" Pois... a culpa é da gripe. Tem de ser de alguma coisa, menos minha. Eu adooooro ir para o ginásio cansar o corpo, transpirar como se tivesse tomado banho de roupa vestida e ficar com os músculos a doer...

Só porque amanhã é dia de ir à nutricionista

A minha irmã vive para arruinar qualquer tentativa minha de ser saudável. Nem por amanhã ser dia de ir à nutricionista ela tem isso em consideração. Efetivamente as irmãs mais novas existem para nos desgraçar.  Então não é que vou eu à cozinha à hora do lanche feita pessoa saudável com a intenção de lanchar uma peça de fruta, 2 ou 3 nozes e na loucura duas bolachas Maria e encontro a minha irmã a fazer este delicioso Bolo de Chocolate de Caneca!! Eu bem tento ser saudável mas assim é difícil. Ainda por cima estava tão bom.

Setembro, um mês de promessas

Nem só em Janeiro se fazem promessas para o novo ano. Há quem as faça em Setembro. Há quem considere Setembro um novo início, um novo ciclo e a altura ideal para começar novos projetos e desafios. E tudo o que sirva como motivação para levar as coisas avante eu sou adepta. Por isso é que Setembro tem um novo desafio: Setembro será um mês de reeducação alimentar e de tolerância zero aos excessos na hora de comer.  Lá no ginásio a nutricionista mudou e esta é muito mais exigente. Esta quer ver mais resultados. Não se contenta com o estar dentro dos valores normais. Esta quer que estejamos em valores óptimos e adequados para o nosso estilo de vida, para o nosso metabolismo e para os nossos objetivos. Embora eu esteja dentro dos ditos valores normais há dois valores que não estão na proporção mais adequada (a massa gorda e a massa muscular). O peso por si só não diz muito e a partir de hoje vou ter de meter na cabeça que as coisas vão ser a doer. Mais exercício, menos erros e excessos al…

Malditas hormonas

Serei só eu que quando estou naqueles dias chatinhos do mês tenho fome de leão? Que me apetece comer este mundo e a cabeça do outro? Que acordo a pensar em comida e deito-me a pensar em comida? E não, não estou a exagerar. 
Hoje quando sai do ginásio (e da consulta mensal com a nutricionista) onde é que eu fui a seguir? É que nem de propósito: sai-se da nutricionista (e ainda por cima emagreci quase 1 quilo) e onde é que se vai? Enfardar comida gordurosa e mega calórica ao Burger King. Comer um daqueles hambúrguer tamanho XXL e batatas fritas com Ketchup. Que bem que me soube...
Mas isto até nem era muito mau se acabasse por aqui. Saio eu do Burger King com uma barriga tipo grávida de quatro meses e onde é que eu vou a seguir? Ao LIDL comprar gomas e chocolate. E não foi para comer depois. Foi mesmo ali. Ainda mal tinha entrado no carro e já estava a meter goela abaixo uma goma. E depois seguiu-se outro, e outro e mais outra. Parecia que já não comia à três dias (embora tivesse acaba…

Vale tudo para conseguir

Sempre que vou à nutricionista ela "dá-me na cabeça" por eu não beber quase água nenhuma (isso e as jantaradas ao fim-de-semana, mas isso agora não interessa para o caso). Eu tenho plena consciência que bebo pouquíssima água. No Verão ainda vou bebendo, agora nos dias em que não está tanto calor é um sacrifício. Também não ajuda ter a bexiga do tamanho de uma ervilha e ter de andar sempre a despejar o depósito (embora me digam que isso é muito bom. Que é sinal que os rins funcionam bem). Para tentar dar a volta à situação instalei no meu telemóvel uma aplicação que calcula a quantidade de água a ingerir atendendo ao peso, ao clima e à realização ou não de exercício físico. Mas o melhor de tudo é que ao longo do dia vai mandando avisos para o telemóvel e com a quantidade de vezes que uma pessoa olha para o telemóvel acaba sempre por ver lá no monitor o aviso e lá bebe qualquer coisita.  Ainda estou na fase da experiência e nos primeiros dias é sempre tudo muito bonito e func…

Vamos lá ver como é que correu

Hoje é dia de ir à nutricionista e de fazer a pesagem habitual. Nunca fui daquelas pessoas viciadas em controlar o peso. Era capaz de passar meses sem me pesar. O que sempre me importou foi que me sentisse bem e não propriamente o que marcava a balança. Mas desde que comecei as consultas de nutricionismo cresceu uma certa curiosidade em ver como é que está o meu peso e que impacto é que as asneiras desse mês tem no peso. E quanto a isso só vos posso dizer que tenho uma genética abençoada (embora o peso da idade comece a manifestar-se e as asneiras já se fazem sentir mais um bocado). Nunca fiz nenhuma dieta para emagrecer (mas acho que mesmo que quisesse não conseguiria. Para mim comer é das melhores coisas da vida) mas com o ginásio e com os conselhos da nutricionista começo a ter uma alimentação mais consciente. Se isso se reflete no peso? Não, porque sempre estive dentro do peso normal para a minha altura. Mas pelo menos sei que estou a fazer mais pela minha saúde.

Amanhã é dia de confissões (qb)

Amanhã é dia de nutricionista. Se eu não tiver aumentado de peso começo mesmo a acreditar que o meu metabolismo é para lá de espectacular. Para além de não ter ido com a regularidade que devia ao ginásio (acho que fui 2 vezes em cada semana) enfardei como um cavalo adulto cheio de fome. Foram jantares de aniversário (e só este mês foram quatro), foram jantaradas de amigos em que à meia-noite ainda se está à mesa a enfardar como se estivéssemos sem comer à três dias, foram idas ao MacDonalds, gelados a meio da tarde, amendoins a acompanhar os jogos de futebol, bebidas gaseificadas fresquinhas que me souberam pela vida nos dias mais quentes, sobremesas deliciosas e calóricas e muitas outras asneiras.
Claro que amanhã não vou contar tudo isto à nutricionista. Ela não precisa de saber tuuuudo. Vou só dizer que houve algumas asneiras pelo meio e que não houve muito tempo para ginásio. Mas lá no fundo chego a ter alguma vergonha quando se aproxima a hora de mais uma ida à nutricionista  e …

Sentença: culpada

Ontem foi dia de ir à nutricionista. E só tenho a dizer que 15 dias sem pôr os pés no ginásio (e sendo que nesses 15 dias de férias houve muita asneira alimentar) tem as suas consequências. E mais não digo... Agora vou só ali ao muro das lamentações mentalizar-me que os próximos dias (vá, a seguir à Páscoa) vão ter de ser muito regrados. E os fins-de-semana não vão poder ser todos de desgraça (principalmente aqueles em que a desgraça se prolonga desde sexta-feira à noite até ao domingo de madrugada).

Água com limão em jejum

Já li em mais do que um sítio e já ouvi mais do que uma nutricionista falar deste pequeno truque que pode fazer a diferença. E como não custa assim tanto, poderá valer a pena experimentar beber um copo de água morna com sumo de meio limão em jejum. Da próxima vez que for à nutricionista, já me informo melhor para saber se é uma rotina a implementar ou se não vale a pena. Pelo menos mal não deve fazer.



Anda tudo invertido

Os nutricionistas e os entendidos na matéria costumam dizer que nenhuma dieta resiste a sete dias por semana de regras e sacrifícios alimentares e que devemos ter um dia para podermos comer tudo o que queremos - um dia da desgraça. Pois bem. Acho que esta semana eu tive uma semana de desgraça e um dia de alimentação saudável. Pelo menos a proporção continua correta, as ideologias é que se inverteram... ups! E pensar que amanhã volto à nutricionista e que a balança vai estar lá...

My week in pictures #31

Numa semana onde o trabalho foi mais do que muito, onde acordar ainda com o escuro do lado de fora da janela foi uma rotina e onde muitos quilómetros foram feitos, o saldo final é positivo. Gosto quando consigo fazer com o perfeccionismo que me caracteriza tudo aquilo a que me comprometo. Ficam as imagens da última semana.








1/2 - Novas aquisições nos saldos (Stradivarius); 3- Spray impermeabilizante para calçado e peles; 4- New in: lipgloss (Zara); 5 - Formação em modo non stop; 6- A massacrar o corpinho; 7- Primeira semana pós nutricionista e houve fruta todos os dias; 8- Pequeno almoço saudável; 9/10- Dia da desgraça; 11/12- Outfits (saia - Stradivarius; camisola - oysho; botas - stradivarius; sapatos - massimo dutti); 13- o novo snack para comer entre refeições.

Só porque hoje foi o dia da desgraça

E se é para a desgraça, que seja em versão completa. E hoje foi para matar saudades do Burger King e ainda assaltar aos chocolates (a nutricionista não me disse que eu não podia comer fast food... eu não toquei no assunto "fast food" por isso ela não me proibiu... eheh! Esta transparência entre mim e a nutricionista é uma relação perfeita. Nada a esconder entre nós como se pode ver.) 
Porque é que o que sabe tão bem faz tão mal?

Petiscos saudáveis

Para quem gosta de petiscar qualquer coisa enquanto está em frente ao pc a trabalhar, este é o snack ideal. Bolachas de milho sem glúten.  Sábado fui comprar flocos de aveia que me tinham acabado e decidi trazer um saco destas bolachas para experimentar (deve ser influência de ter ido à nutricionista de manhã). Vamos ver quanto tempo dura este meu espírito saudável... Cada bolacha só tem 20 calorias (ver tabela nutricional) e o sabor até não é assim tão mau como eu pensava sempre que olhava de soslaio para estas bolachas nas prateleiras dos supermercados. Sabem a pipocas (sem açúcar como é óbvio). Também há este tipo de bolachas mas de arroz (para a próxima vez vou trazer dessas também para experimentar).

Factos Nutricionais por 1 bolacha (5g) (5 g) Energia 84 kj
20 kcal Proteínas 0,4 g Carboidratos 4,3 g Açúcar 0,02 g Lípidos 0,1 g

Conversas com a nutricionista #1

Ontem foi dia de começar as consultas com a nutricionista lá no ginásio. Ano novo, rotinas novas. E espero que a nutricionista seja o empurrão que me faltava para começar a mudar os meus hábitos alimentares (eu sei que só depende de mim mudá-los, mas quando nos comprometemos com outra pessoa custa mais depois falhar os objetivos. Pelo menos comigo é assim. Não gosto de falhar com plateia.).
Ontem foi mais para conhecer os meus hábitos alimentares e para dar alguma orientação nutricional. A próxima consulta já está marcada para daqui a um mês. Espero ate lá conseguir mudar alguma coisinha. Coisa pouca porque as mudanças duradouras não se conseguem do dia para a noite. Um passo de cada vez.
A coisa que mais gostei de ouvir nos longos minutos de conversa foi que ainda precisava de aumentar de peso para estar no índice de massa corporal tabelado para a minha altura. A parte de ter de cortar o pão à hora do jantar, ou ter de comer até três peças de fruta por dia é que já não gostei tanto.…

Instagram

Blogs que leio