Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta séries

This is us

Mais uma série para devorar em meia dúzia de dias e depois ficar a achar que soube a pouco.

O vazio das séries

Quem gosta de devorar séries certamente me entende.  Detesto aquele sensação que fica quando acabamos de ver uma série muito boa, com algumas temporadas e muitos episódios e depois vemo-nos obrigados a procurar outra série para preencher o vazio.
Desde que acabei "How to get away with murder" que ando assim para o perdida, a ver "séries às pinguinhas". Basicamente é pegar numa série nova e ver para ver até que ponto me prende. Já vi algumas boas desde então ("Westworld" e "Taboo") mas têm o problema de só ter ainda uma temporada. Por isso rapidamente estou no mesmo dilema: o que ver agora?
Para já, e até descobrir uma série assim para lá de espetacular (com muitos episódios e temporadas) e enquanto as 573 que sigo não lançam episódios novos, comecei a ver "13 Reasons why".
Esta série conta a história de uma adolescente que se suicidou, mas antes de o fazer deixa uma série de gravações em cassetes dirigidas às pessoas que motivaram a s…

Taboo

A primeira temporada de Westworld já lá vai, há uma lista infindável de séries que acompanho que estou à espera que saiam novos episódios (Game of Thrones, House of Cards, Narcos, How to get away with murder, Stranger Things, ...) por isso cria-se aquele vazio, aquela sensação de orfandade típica de quando se devora mais uma série e chega ao fim.
Assim sendo, a estratégia é sempre a mesma: escolher outra série para preencher o vazio deixado. E desta vez a escolha recaiu sobre um drama que estreou este ano, transmitido pela BBC, e que para já ainda só tem 8 episódios (ou seja, daqui a nada estou novamente na mesma, sem nada para ver!) - Taboo.
Já vi 3 episódios e posso adiantar-vos que a série tem muito potencial. Isso e o Tom Hardy que faz um papelão e que só por isso já vale a pena ver a série.

A (minha) série do momento

Rendi-me à pressão e comecei a ver.
Uma série que prende. Um verdadeiro atrofio que nos agarra ao ecrã para tentar perceber cada personagem. Ainda estou no início e a série ainda pode dar muitas voltas (e até desiludir) mas para já gostei bastante do que vi.
Entretanto, se tiverem sugestões de séries mais "leves", daquelas ideais para ver quando estamos mais cansadas e não nos apetece estar ali a pôr a máquina a funcionar, não se acanhem e deixem sugestões.

How to get away with murder

Depois de terminar a segunda temporada de Narcos tive novamente aquela sensação de "órfã de séries". Uma pessoa apega-se a uma série brilhante e quando acaba fica sempre aquela sensação de "não vou encontrar nenhuma série tão boa". Depois de muita pesquisa e de algum debate com o namorado lá encontramos uma que agradasse aos dois para ver nos dias de muita chuva ou de preguiça em sair de casa. E foi fácil ficarmos viciados nesta série. Hoje provavelmente acabamos de ver a primeira temporada porque estamos num ponto da série em que é impossível parar. Fica aqui a dica para quem andar à procura de uma boa série.  Esta anda à volta de uma advogada de sucesso que é igualmente professora de direito e que escolhe cinco estudantes, os melhores da turma, para a acompanharem nos processos que ela tem em tribunal. Para além das cenas nos tribunais, há ainda muitas histórias paralelas de envolvimento amoroso e sexual entre as várias personagens e um homicídio à mistura. É, e…

Narcos

Primeiro fim-de-semana de Outono, chuva e noites já assim para o frescote requerem uma coisa: série nova para ver. E atendendo aos muitos comentários que tenho ouvido, estava a passar ao lado de uma grande série - Narcos. O que mais me cativou para escolher a série foi o facto de ser um drama biográfico que retrata a vida de Pablo Escobar, um dos maiores narcotraficantes de todos os tempos e que foi responsável pela propagação da cocaína pelos Estados Unidos e daí para a Europa. A personagem principal é representada pelo ator brasileiro Wagner Moura que faz uma interpretação brilhante (uma curiosidade: ele não sabia falar espanhol quando começou a fazer a série) e a dupla de polícias encarregues de o capturar é desempenhada pelos atoresBoyd Holbrook e Pedro Pascal (também conhecido pela sua participação em Game of Thrones). Hoje a tarde vai ser destinada ao sofá e à série (como diz o Marco Paulo "eu tenho dois amores", no meu caso são o sofá e a televisão).

Stranger things

Em tempo de férias e com a maioria das séries paradas decidi começar a ver uma nova (ou melhor, o namorado arranjou esta série e perguntou-me se a queria ver e como em tempo de férias sou uma fácil de convencer, lá comecei a ver). Comecei e acabei diga-se de passagem! A série, que passa na Netflix, foi produzida por Shawn Levy, ainda só tem uma temporada (com 8 episódios) e basicamente foi um episódio por dia até a acabar. Foi fazer render o peixe até já não haver mais. 
É uma série de suspense e ficção cientifica e o que mais me chamou a atenção logo desde inicio foi para o tipo de filmagem (inspiração clara em Steven Spielberg e Stephen King). Faz lembrar aqueles filmes de há muitos anos trás, com um guarda-roupa de época, uma banda sonora adequada e uma história que prende. Eu que não sou grande apreciadora de ficção cientifica gostei da série. Tem algumas histórias paralelas à história central mas anda tudo à volta do desaparecimento misterioso de um menino de 12 anos e a procura…

A (minha) série do momento

A série já não é novidade para ninguém. Já meio mundo viu esta série e já outro meio mundo opinou sobre cada um dos episódios. O que me vale é que só à bem pouco tempo é que comecei a dar uma oportunidade à série e nunca prestei atenção a spoilers sobre a dita cuja. E o que posso dizer é que estou viciada! Já há algum tempo que me sentia órfã de séries e finalmente encontrei uma que me enche as medidas. As três primeiras temporadas já se foram, venha a quarta. E agora que tenho novamente tempo livre, palpita-me que vou limpar isto num instantinho.

Game of thrones

2015 veio recheado de novos vícios. Começou tudo de mansinho no final de 2014 e já estou completamente viciada. Toda a gente me falava desta série. Que era a melhor série de todos os tempos, que eu ia adorar, que era para lá de espetacular e bla ba bla.
Eu, como sempre, resistente às séries da moda fui deixando passar. Não gosto de ver uma série só porque toda a gente vê e me diz que também devo ver. Vejo porque gosto e não porque está na moda. Mas o que é certo é que também eu fui engolida pelo fenómeno Game of Thrones.
Se é a melhor série de todos os tempos não sei, até porque não vi todas as séries que por aí existem. Mas que é uma série muito boa, daquelas que nos prendem ao ecrã e que nos fazem querer devorar um episódio a seguir ao outro, isso é de certeza.

Está escolhida a próxima série

E mesmo que em Setembro seja o regresso da maioria das séries, não gosto de ter de estar à espera uma semana para ver mais um episódio. Gosto de ver dois ou três episódios seguidos se me apetecer. E com as séries que sigo isso não é possível porque já vi todos os episódios que estão para trás. Por isso pus-me a ver esta. Ainda só vi dois episódios mas já posso adiantar que o Matthew McConaughey faz um papelão. Que excelente interpretação.

House of cards

Está escolhida a próxima série.  E eu já estou viciada nela. Só ontem foram três episódios seguidos.

Homeland

Esta é a série de momento cá por casa! Mais uma série viciante que nos prende ao ecrã, cheia de secretismos e mistérios tal como se quer! A primeira temporada já está praticamente vista! Venha a segunda!
Já conhecem a série?  Para quem não conhece, aqui fica um pequeno resumo.


"Homeland segue Carrie Mathison, uma oficial de operações da  CIA que, depois de conduzir uma operação não autorizada no Iraque, é colocada em liberdade condicional e transferida para o Centro Contraterrorista da CIA em Langley, Virgínia. Enquanto conduzia sua operação no Iraque, Carrie foi avisada por uma fonte que um prisioneiro de guerra americano passou para o lado da Al-Qaeda. Seu trabalho é complicado quando seu chefe, David Estes, a chama junto com seus colegas para uma reunião de emergência. Nela, Carrie descobre que Nicholas Brody, um sargento dos Fuzileiros Navais que desapareceu durante o serviço em 2003, foi resgatado durante uma incursão da Delta Force em um complexo pertencente a Abu Nazir. C…

Fartinha de esperar pela próxima

Isto de já estar à mais de um ano à espera para ver a terceira temporada de Sherlock é uma pasmaceira total e um teste à paciência. Uma pessoa descobre a série, vê as duas temporadas assim de uma assentada só e depois fica uma eternidade à espera para ver mais? Não acho bem! Nada bem!

Parece que em Julho teremos mais! Já agora, e se não for pedir muito, façam uma temporada com mais episódios porque só três não mata a fominha a ninguém! Agradecida.

Suits

O meu novo vício no que a séries diz respeito. O raio da série é tão viciante que a comecei a ver na sexta-feira passada e já vou a meio da segunda temporada! Está bem que as insónias tem uma palavrinha a dizer neste assunto. E a minha irmã ontem também me desafiou para uma mini-maratona a ver Suits...  O único problema que se impõe (para além de ter de arranjar forma de vencer as insónias e de estar a ficar com trabalho acumulado) é que a este ritmo, esta semana acabo a série!
E depois... o que ver? Sugestões?

Revenge

Eu sei que esta série não é nova, que vá vai na segunda temporada e que já muito se falou sobre ela. Não tenho culpa de ter um delay quanto à escolha das séries que vejo! Posso?
Quase nunca vou atrás de "ondas" no que toca a escolher o que ver! Quando anda meio mundo a falar da mesma série quase nunca a vejo logo. Não sei porquê, não é consciente... Como estou sempre a acompanhar outra série qualquer, quando me falam de uma nova não paro a que estou a ver para ver a dita série. Sou fiel ao que escolho e ao que gosto.
Aconteceu o mesmo com Prison Break, Californication, Dexter, Breaking Bad, Scrubs... E depois acabaram por ser séries de eleição que estão no meu "top de preferências".  E o mesmo acontece com Revenge! Uma série fantástica, que prende até ao último minuto, recheada de personagens glamourosas, com cenários encantadores e um guarda-roupa de fazer inveja a qualquer mulher! Recomendo!!


Sinopse
Emily Thorne, cujo verdadeiro nome é Amanda Clarke, volta aos Ha…

Séries

Se há coisa em que sou viciada é em ver séries, é o meu vício saudável (o outro são os chocolates e as gomas mas isso é outra conversa). Gosto de fazer maratonas no sofá a devorar episódios e adoro quando "descubro" uma nova série para ver.
A última série que vi toda seguida foi "Girls". Uma série relativamente recente que retrata as peripécias de quatro amigas... Não fiquei logo "presa" no primeiro episódio mas dei o benefício da dúvida e continuei a ver e foi uma agradável surpresa ao longo de dez episódios.  Agora estou à espera que saiam mais episódios.






 Entretanto, estou (irrequietamente) à espera pela sétima temporada de Dexter que estreia já no final deste mês. Essa sim é A série!! Prende do primeiro ao último minuto. Adoro a maneira como o Dexter lida com as emoções e os monólogos que ele vai tendo. Mas enquanto não estreia a nova temporada, lá vou eu ter de me dedicar a "descobrir" outras séries...




Instagram

Blogs que leio