Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta férias

E então, que tal Amesterdão?

Amesterdão é uma cidade bonita, acolhedora e diferente. Diferente da maioria das grandes cidades europeias por onde já passei mas muito igual entre ela. A maioria das ruas são iguais dando a sensação de deja vú a cada virar da esquina. É uma cidade descomplexada, liberal e relaxada. Uma cidade onde a chuva não preocupa as pessoas, onde os animais de estimação vivem em sintonia na maioria dos sítios, onde a cor preenche as ruas e a arquitetura geometricamente imperfeita de muitas das casas marca o panorâma. Uma cidade onde é obrigatório andar de bicicleta, passear de barco pelos canais, andar sem destino pelas diferentes pontes e apreciar a vida calma daquelas pessoas. Foram 5 dias de descoberta, de muitos quilómetros a pé, de muitas gargalhadas e também muitas fotografias. Quanto à gastronomia, tirando as fabulosas lojas de queijo e os fantásticos waffles, é uma gastronomia pobre se comparada com Itália, Espanha, França ou, à nossa maravilhosa comida portuguesa.  Deixo-vos, para já, …

Retomar no pós-férias

As férias já lá vão. Cheguei no Sábado e desde então ainda não parei. Fui do aeroporto diretamente para Santa Maria da Feira para ver o meu Benfica a jogar (cheguei a casa já de madrugada), trabalhei domingo o dia todo, trabalhei ontem até às tantas e hoje será a mesma coisa. Devia ser proibido entrar a matar depois das férias.  Depois das férias o que uma pessoa precisa é de um dia ou dois em casa a vegetar sem nada para fazer, a aproveitar o estado zen e a desfrutar daquilo que se traz na bagagem após mais uma viagem. Mas não, entrei logo a mil e estou aqui a ressacar por (mais) um dia de descanso.

Fora por uns dias

Para conhecer mais uma nova cidade.
Feeeeerias!

De Lili & Companhia Gourmet

As minhas férias de verão este ano foram passadas em Portugal, pela zona Norte, numa espécie de "vá para fora cá dentro". Começaram com oito dias de praia e depois seguiram-se destinos de cidade e de montanha. A maioria dos sítios já conhecia mas não me canso de os visitar. Nesta minha incursão pelo Norte do nosso país, e atendendo a que muitos dos sítios que visitei já os conhecia, aproveitei para conhecer melhor outra coisa que muito me apraz quando estou numa cidade que não a minha - a gastronomia e os restaurantes/pastelarias mais falados. Posso dizer-vos que fui muito feliz em muitos sítios diferentes, gastronomicamente falando.

O primeiro sítio que vos quero falar, e que para muitos de vocês não será novidade nenhuma porque a casa já tem uns bons anos é a loja gourmet "De Lili & Companhia", que fica em Esposende. Fui lá especificamente para comer os pasteis de chila, tão característicos na zona (em Fão também tem uma casa com uns muito bons). Mas não pen…

Um dia de férias em que nada correu como planeado.

Há dias em que uma pessoa se questiona se devia ter saído de casa. A semana passada, e para aproveitar os últimos dias de férias, os dias foram quase todos preenchidos. Em cada dia foi uma cidade diferente, uma espécie de "vá para fora cá dentro", conhecer o que está perto e as paisagens lindíssimas que o nosso Portugal nos oferece. Num desses dias fui mais o namorado e o cão até à Serra de Fafe para visitar a casa do Penedo. Uma casa emblemática construída entre quatro penedos, no meio do nada, no sossego da serra e que é um ponto de paragem obrigatória nesta cidade.  Combinamos uma hora para sair de casa e à hora marcada lá estávamos nós a meter a morada no GPS. E ai começou o nosso (primeiro!) problema... encontramos diferentes moradas na internet e as coordenadas que lá apareciam mandavam-nos para uma viagem de mais de 1800 km lá para os lados de França. Depois de quase meia hora de pesquisa lá encontramos uma morada que nos pareceu fiável e metemo-nos ao caminho. Até F…

Férias com tudo excluido

Parece que as férias estão mesmo a dar as últimas (snif snif snif) e isso significa que é tempo de voltar à carga, que é como quem diz, às corridas! Isto em Agosto foi a loucura, comer como uma baleia e correr como um caracol. Se eu tivesse corrido tanto como enfardei estava pronta para correr a meia maratona. Mas não... em todo o mês de Agosto corri (mandem rufar os tambores!)... uns míseros 31km.  Eu disse que Agosto era o mês das férias... e férias para mim é sinónimo de fazer apenas aquilo que gosto e que me dá vontade.

Férias em versão tasqueira comilona

As férias estão quase a acabar mas enquanto não acabam tenho aproveitado para conhecer sítios magníficos, revisitar outros e conhecer novos restaurantes, pastelarias e esplanadas. Como eu adoro conhecer sítios novos para se comer, saborear a gastronomia tradicional e perceber que estas diferenças contribuem para fazer do nosso Portugal um pais ainda mais bonito e encantador. E que bem que se come no nosso pais.
Aquela ideia de "quanto mais viajo lá fora mais gosto do que vejo cá dentro" no que toca à gastronomia é tão mas tão verdade... Poucos são os sítios onde se come tão bem como no nosso cantinho.

Stranger things

Em tempo de férias e com a maioria das séries paradas decidi começar a ver uma nova (ou melhor, o namorado arranjou esta série e perguntou-me se a queria ver e como em tempo de férias sou uma fácil de convencer, lá comecei a ver). Comecei e acabei diga-se de passagem! A série, que passa na Netflix, foi produzida por Shawn Levy, ainda só tem uma temporada (com 8 episódios) e basicamente foi um episódio por dia até a acabar. Foi fazer render o peixe até já não haver mais. 
É uma série de suspense e ficção cientifica e o que mais me chamou a atenção logo desde inicio foi para o tipo de filmagem (inspiração clara em Steven Spielberg e Stephen King). Faz lembrar aqueles filmes de há muitos anos trás, com um guarda-roupa de época, uma banda sonora adequada e uma história que prende. Eu que não sou grande apreciadora de ficção cientifica gostei da série. Tem algumas histórias paralelas à história central mas anda tudo à volta do desaparecimento misterioso de um menino de 12 anos e a procura…

Alguém viu o sol?

Então como estão a correr as férias por esses lados? Por aqui tenho a dizer que estou um bocado zangada com o São Pedro. Então não é que já há mais de um mês que temos temperaturas de pais tropical e na semana que vou de férias para um destino de praia as temperaturas descem a pique e há previsões de chuva para alguns dias? Não era preciso estarem os quase 40 graus de há uns dias atrás mas mais um bocado de calor para eu poder estar de papo para o ar e ganhar um bronzeado digno de férias era bem vindo. Está bem que eu tenho algumas peças de roupa mais para o quente que comprei já a pensar no Outono mas não estava a contar andar com elas tão cedo, em pleno Verão! Não estava a pensar vestir casacos durante esta semana e eles já foram bem-vindos (mais do que uma vez!). Vá lá que assim não me custou tanto ter de interromper hoje as férias para tratar de alguns assuntos burocráticos e ter uma reunião ao fim da tarde. Mas amanhã, se o São Pedro quiser continuo na minha vida "difícil&q…

Féeeeerias

Amanhã é dia de fazer as malas para uma semana de férias na praia. Não estava nada planeado mas surgiu a hipótese e ai vou eu. Assim sendo, amanhã é dia de fazer a mala e estava eu aqui a pensar naquilo que vou precisar de enfiar na mala e eis que o meu coração quase parou. Falta-me uma coisa imprescindível, como é que eu não tinha posto isto no top das minhas prioridades! Falta-me uma boia insuflável em formato de flamingo ou então em forma de donuts com uma trinca. Atendendo às mil e quinhentas fotos que já vi nas redes sociais com tal apetrecho acho que isso deve ser um bem de primeira necessidade, imprescindível a uma temporada de férias que envolva água. Acho que vou ali rapidinho à loja dos chineses enquanto está aberta ver se encontro tal apetrecho caso contrário corro o risco das férias serem um desastre. E vai dai, depois das férias sempre dá para pôr o flamingo no meu quarto a servir de cabide para a roupa e sempre é dinheiro rentabilizado!

De regresso

Novamente em terras lusas, É bom sair do país mas é ainda melhor regressar. Sabe tão bem sairmos à aventura e ao desconhecido e depois voltar ao aconchego do nosso país e dos nossos. Desta vez foi uma viagem diferente. Uma espécie de mini road trip  pela Alemanha que nos permitiu conhecer sete cidades. E fiquei tão impressionada e agradada com a Alemanha. Contrariou muitas ideias erradas que eu tinha da Alemanha. Mas isso deixarei para um noutro posto onde vos contarei tudo.

Roma e Florença

E como prometido aqui e aqui, aqui estão as fotos das últimas férias em Roma (clicar nas imagens para ver em ponto maior) e algumas considerações para quem estiver a pensar lá ir. Eu fui quase no início do Verão, e apanhei temperaturas sempre acima dos 30º graus. Um calor quase tropical, com os fins de tarde quase sempre com uns minutos de chuva intensa para refrescar o tempo e que sabiam pela vida. Uma coisa muito boa que tem em Roma para os dias quentes, são as inúmeras fontes espalhadas pela cidade com água potável e super fresca.

Quanto ao trânsito, é um bocado caótico e confuso por isso optamos pelos transportes públicos, também eles um pouco caóticos em determinadas linhas/horas. Houve alturas em que quando o metro chegava à estação achava eu que não ia conseguir entrar mais ninguém e ainda entrava mais uma multidão. Aprendi um novo conceito de sardinha enlatada e aprendi também a não respirar pelo nariz dentro do metro (a mistura de "cheiros" em dias de calor com o m…

Instagram

Blogs que leio