Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta amizade

E a saga dos stroopwafels ainda não terminou

Depois de ter ido propositadamente a seis hipermercados diferentes à procura dos waffles holandeses, e já a entrar um bocado em descrença, combinei um café com a amiga que me disse que no Continente perto de onde ela mora havia os stroopwafels. Em desespero, combinamos o ponto de encontro.... no dito Continente! Assim não há que enganar, vou com a fonte ao local (sagrado).  
Eu sei que há um milhão de sítios melhores para se combinar encontros com as amigas, eu sei que ninguém precisa de levar com as minhas taras e acessos de gulodice, mas a M. está comigo nesta luta. Ela, que passou a gravidez a comer estes waffles compreende-me e sabe que depois de se provar já não há volta a dar!


Não gosto quando as flores não são por um bom motivo...
Um beijinho especial para a S. e para a M.

Jantares de Natal

E queixava-me eu que os almoços e jantares de Natal eram mais do que muitos. Nem eu sabia o que me esperava esta semana...  Hoje é o único dia desta semana em que janto em casa. Segunda-feira mal tive tempo de jantar, ontem jantar de despedida da amiga que mora em Paris e que veio passar o Natal a Portugal, amanhã jantar de aniversário de outro amigo, sexta-feira jantar de inauguração da nova casa de outro casal amigo e sábado é passagem de ano e aniversário da minha irmã. Ainda bem que a balança cá de casa avariou (já quase à dois meses mas eu não lhe dou muita confiança)!

Tempo... ou a falta dele...

Sabem aquelas alturas em que vocês para conseguirem fazer tudo o que querem, para conseguir estar com todas as pessoas que querem, para poder fazer o vosso trabalho com profissionalismo e para não abdicar do tempo de lazer roubam tempo à cama e depois andam a cair de sono o dia todo e a sonhar com a hora de se estenderem na cama? Deitarem-se e saber que, muitas das vezes, em menos de 5 horas estão novamente a pé? Estou nessa fase, de muito bem com a vida mas de muito mal com a cama. Precisava de tirar uns dias para fazer rigorosamente nada. Nem consigo apreciar como deve ser esta época de Natal, as luzes, as cores, as músicas desta época. Ainda nem tive tempo sequer de ir ver a árvore de Natal da minha cidade. Mas dou graças a todos os santinhos por já ter despachado as prendas todas de Natal e não ter um colapso nervoso só de pensar em enfiar-me num centro comercial nos próximos dias.

Viajar, viajar, viajar

Por aqui já se pensa em qual será o próximo destino de férias do próximo ano. O país já está escolhido, as cidades possíveis também já estão pensadas (só falta decidir se vamos mais para este ou para oeste), o mês também, agora é esperar para ver se dá para conciliar a agenda de 6 pessoas para conseguirmos ir todos juntos. E se conseguirmos vai ser tão bom. Uma viagem com pessoas que tanto gosto, pessoas bem dispostas, pessoas tão diferentes mas com um gosto tão comum: viajar. E eu, para além do Natal, já só penso na próxima viagem.

Halloween

Por estes lados está-se a ultimar os preparativos para a noite mais assustadora do ano. Bendita irmã que eu tenho que é muito prendada e me faz as pinturas faciais sem eu precisar de sair de casa (liguei para a uma loja de cosmética/beauty muito conhecida de todas, de um centro comercial perto de minha casa para ver se faziam esse serviço e era por ordem de chegada e isso para mim não dá. Lido mal com situações onde não controlo as horas). Por isso é mesmo a minha irmã que vai tratar de tudo: maquilhagem e cabelo.
Para quem está a ler isto e não se identifica nada com esta festa, para quem até acha mal que nós Portugueses nos apropriemos de uma festividade que não é nossa deixem-me que vos diga que também eu já estive desse lado. Que também eu não ligava nada e achava até um pouco estúpido festejarmos o Halloween, uma espécie de Carnaval em Novembro (às vezes ainda continuo a achar mas pronto...). Se encontrarem um grupo animado de pessoas, que apenas usa o Halloween como mais pretex…

Lema para hoje

Afinal o Outubro pode ser colorido

Não gosto do mês de Outubro, nunca gostei... É o mês em que dizemos definitivamente adeus ao sol quente, o mês em que muda a hora, o mês em que não sabemos que roupa vestir porque de manhã está frio, durante o dia um calor de ananases e à noite gelo, o mês em que os dias já são curtos, as noites frias e as árvores ficam como galinhas depenadas sem folha nenhuma! Mas este ano o início de Outubro foi bom, foi exageradamente bom. Sem que eu estivesse a contar, aquela amiga do coração que me conhece quase desde sempre mas que está a morar em Paris tocou-me à campainha e apareceu-me à porta! E eu... bem, eu fiquei estacada, sem reacção. É que isto da idade também nos torna mais lentas nas reacções e com a vista afectada (não sei porquê mas os tramados dos olhos agora ficam lacrimejosos com facilidade). Tinha falado com ela no dia anterior e era suposto ela estar em Paris. Era suposto só a ver no final do ano. Era suposto ela neste fim-de-semana estar a desfazer as malas depois de três mes…

Keep Calm

Que hoje é dia de jantar (sushi!) com os amigos!

Notícias felizes

Começar o dia com uma boa notícia... que excelente forma de começar o dia! Em Maio há casamento de dois grandes amigos.  E eu fiquei super feliz por ambos.
Fiquei depois de perceber o que me estavam a tentar dizer. Acordo com um vídeo no telemóvel e, ainda ensonada, com um olho aberto e outro fechado lá abri o vídeo. Não percebi logo o que me estavam a tentar dizer. Um vídeo amoroso, de ambos muito felizes, a passear na natureza, muito cúmplices, muitos sorrisos... Ainda pensei "será que há bebé a caminho" ou "estão a tentar dizer que vão morar juntos"? Não raciocinei logo até que no fim do vídeo aparecia uma frase. Mas como ainda estava ensonada (e os neurónios a dormir ainda) lá tive de ir buscar o portátil para ver em ponto grande e aí percebi logo. E fiquei muito feliz por ambos.

A versão cigana que há em mim

O aniversário dos 30 já lá vai à uma semana mas os festejos continuam. Se aos primeiros minutos do dia 21 de Maio estava em Lisboa a ouvir Queen, às últimas horas desse dia estava em Guimarães a celebrar com a família a minha entrada na nova década. Durante a semana seguiram-se uns pequenos-almoços com algumas amigas e hoje um jantar em Braga para os restantes amigos próximos.  Se esta semana for um prenúncio da nova década que tenho pela frente, então será uma década em grande e cheia de energia.

Ups! Como disse?

Percebes que andas um bocado baralhada das ideias quando em conversa com uma amiga sobre o filho bebé proferes a seguinte frase, de forma automática e inconsciente - "Tens de o levar ao veterinário!". Começo a ter medo de mim própria e de abrir a boca... O que vale é que a minha amiga tem sentido de humor e largou logo uma gargalhada, caso contrário ainda achava que estava a insultar o seu rebento!

Wedding day

Se o ditado "casamento molhado, casamento abençoado" for verdade, então a minha amiga pode durar até aos 200 anos que o casamento ainda estará de pedra e cal. Que seja uma cerimónia bonita (que a chuva não estrague tudo o que está preparado) e que a festa dure até às tantas com muita animação. Agora é tempo de me preparar para a boda.

Venha a nós as noites quentes

Nos últimos dois dias, e com um calor a fazer já lembrar os dias de Verão e as noites longas, tudo o que menos apetece é ficar em casa fechada a ver o tempo passar (já hoje não se pode dizer a mesma coisa porque voltamos ao Inverno).  Na terça-feira tive um jantar de mulheres ao sabor do melhor sushi da cidade de Guimarães e de uma bela sangria. Ontem foi tempo de esplanada à noite com o namorado. E o que tem em comum estas duas saídas? Em ambas fui a última cliente a sair do restaurante/bar. A sede de bom tempo é tanta que uma pessoa apanha uns diazinhos de sol e noites quentes e abusa logo da boa vontade de quem está a trabalhar. Teve de ser, estava a ressacar destes programas.

Alemanha ai vou eu

Amanhã por esta hora já estarei em terras de Angela Merkel. Quatro pessoas, um carro, uma mini road trip por 4 cidades em sete dias. As malas estão feitas (o dilema do costume a acabar comigo sentada em cima da mala para a tentar fechar). Que venha a aventura!

Roma e Florença

Estou quase a ir de férias novamente e ainda nem mostrei aqui as fotos das últimas férias em Roma e Florença. E que férias. Só de me lembrar, bate a saudade (das cidades e do calor que estava quando fui). Sem dúvida duas cidades que ficaram no meu coração e que estão nas cidades que mais gostei até hoje. Duas cidades tão ricas, tão cheias de história e com tanto encanto.  Em Roma estive 7 dias e em Florença apenas uma escapadela de 1 dia. Mas mesmo sendo rápido gostei de tudo o que vi. Uma cidade muito pitoresca e muito acolhedora. Onde se come muito bem (como aliás em todos os sítios de Itália em que já estive) e onde dá vontade de conhecer mais. Fomos um grupo de quatro pessoas e os quatro saíram de lá com o coração cheio e as energias recarregadas até às próximas férias. Ficam as imagens de Florença e em breve mostro as de Roma.





















Se me perguntarem o que mais gostei da cidade certamente direi que foram as ruas. Todas as ruas e ruelas são bonitas, transportam-nos para um imaginário d…

Boa segunda-feira

Há conversas descomprometidas que nos deixam grandes ensinamentos. Ontem, em conversa com uma amiga de longa data, com uma vida nada fácil diz-me ela com um sorriso nos lábios "Infelizes são aqueles que estão sempre à espera do fim-de-semana para viver a vida". E é tão verdade. O fim-de-semana são dois dias e não devemos estar a semana toda à espera para poder fazer coisas. Quando fazemos coisas que gostamos e nos envolvemos nas coisas não precisamos de estar à espera do fim-de-semana para viver. E também não precisamos de nos estar a lamentar constantemente do passado porque o que interessa é o futuro.
Boa semana.

After party

E esse Natal minha gente? Por aqui ainda se está em modo "ressaca natalícia" que é como quem diz, em modo "ou estou a comer, ou estou sentada a ver ttv, ou estou e pensar no que vou comer a seguir". O que vale é que nunca estou sozinha nestes momentos o que torna a coisa menos deprimente. Acho que o problema é mesmo esse, nunca estar sozinha... Dizem que os saldos já começaram. Não comprem tudo, deixem-me umas calças aí o número 40. Por este andar sou bem capaz de precisar (é o que dá o modo Natal este ano durar quatro dias). O pior é que parece que amanhã é dia de trabalho. Cá em casa só eu é que vou trabalhar amanhã. Muitos dos amigos estão de férias, na rua parece que anda tudo de férias. Se amanhã me vai custar levantar quando o despertador tocar bem cedo? Nahhhh, nadinha! Venha a segunda-feira que eu adoro segundas-feiras (buahhhhhh).

De coração cheio

Começo a semana de coração cheio e energias recarregadas. Tão bom que é surpreendermos aqueles que gostamos. E este fim-de-semana foi de emoções fortes.  Uma das minhas melhores amigas (que está a morar em Paris) veio mostrar Lisboa no fim-de-semana a uns amigos Franceses e ao namorado (também ele Francês). Atendendo a que somos ambas do Norte ela não estava a contar que eu lhe aparecesse à frente (até porque lhe tinha dito que andava assoberbada de trabalho, precisamente para ela não desconfiar de nada). Quando lhe apareci à frente ficou de boca aberta e paralisada. Depois segui-se a reação. E é impagável ver uma reação tão verdadeira e espontânea. E quando ela achava que a surpresa já tinha terminado e já estava minimamente recomposta, eis que lhe aparece também a irmã à frente (depois fomos todos ver o Benfica e ai fomos todos surpreendidos com uma derrota humilhante... snif snif snif). Que bom que foi. Tão bom as emoções genuínas, com direito a lágrimas de felicidade, caras de su…

Agora sim, vamos lá começar as férias como deve ser

Com um jantar de amigos, com boa comida, boa bebida e boa disposição. Um jantar feito em casa, com os produtos da horta, feito por todos e com tempo. Um jantar que já vem sendo tradição. E tradições boas são para se manter. Bom fim-de-semana.

Instagram

Blogs que leio