Avançar para o conteúdo principal

E a saga dos stroopwafels ainda não terminou

Depois de ter ido propositadamente a seis hipermercados diferentes à procura dos waffles holandeses, e já a entrar um bocado em descrença, combinei um café com a amiga que me disse que no Continente perto de onde ela mora havia os stroopwafels. Em desespero, combinamos o ponto de encontro.... no dito Continente! Assim não há que enganar, vou com a fonte ao local (sagrado).  

Eu sei que há um milhão de sítios melhores para se combinar encontros com as amigas, eu sei que ninguém precisa de levar com as minhas taras e acessos de gulodice, mas a M. está comigo nesta luta. Ela, que passou a gravidez a comer estes waffles compreende-me e sabe que depois de se provar já não há volta a dar!



Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A vida secreta dos nossos bichos

Quem disse que os filmes de animação são só para crianças? Eu gosto bastante de me perder num bom filme de animação. E este prometia muito. Tinha visto o trailer ainda antes de chegar aos cinemas e disse logo "quero muuuito ver este filme" e finalmente vi-o. O filme prometia muito, ainda por cima sendo dos mesmos produtores de "Gru - o Maldisposto", mas sinceramente fiquei um bocado desiludida. A história foi muito básica e o trailer foi muito bem feito porque reúne, a meu ver, as melhores cenas do filme. Uma pessoa vê o trailer, cria grandes expectativas e depois no final fica assim um bocado para o desiludida, à espera de mais...
Ver o trailer aqui.

Zara, what else?

Adoro estas peças que primam pela diferença. Um blazer que é uma capa, ou uma capa que se parece com um blazer? Adoro. E adoro ambas as cores. 


Link aqui e aqui.

DIY - Flared Jeans

Quem tem prestado atenção quando vai às lojas, certamente já reparou que o que não faltam são calças "esfarrapadas" em baixo, como se tivessem ficado à mercê de cães raivosos. Há algumas que acho medonhas mas outras até acho alguma graça. Mas como sei que esta tendência não é "usável" para sempre nem em todos os contextos não me estava convencida a investir nuns jeans assim. 
Então, peguei nuns jeans básicos que tinha cá por casa encostados a um canto porque eram "muito básicos" e decidi transformá-los (eu, que nunca tive jeito nem paciência nenhuma para este tipo de coisa!). Só o fiz porque o processo é mesmo muito simples e fácil e o resultado é engraçado.


1º - Cortar as calças pelo tamanho pretendido. 2º - Medir e riscar o tamanho das franjas (para ficarem todas alinhadas). Eu marquei 3 cms à volta de toda  a calça, e de seguida colei fita-cola para facilitar na hora de cortar.

3º - Depois de cortadas as franjas de ambas as pernas retirar a fita-cola.


Instagram

Blogs que leio