Avançar para o conteúdo principal

Mensagens

A mostrar mensagens com a etiqueta cinema

TOC TOC

Já ouviram falar em perturbação obsessiva compulsiva (POC em português, TOC em espanhol, uma vez que lá usam o termo transtorno e não perturbação)? Se não, e querem ter uma ideia genérica do que é, vejam este filme. Se já ouviram falar e querem olhar para esta patologia com uma visão mais  cómica e não tanto pelo lado limitativo da doença mental, vejam esta comédia espanhola. Vi ontem à noite e ri-me muito. Óbvio que a parte de "intervenção" que é retratada no filme não é bem assim, com essa ligeireza, mas análises científicas à parte, dá para rir um bocado.

Benji

Vou deixar de ver filmes em que os cães são os principais protagonistas.  Chegar ao fim do filme com um nó na garganta e a lagrimita a querer dar o ar da sua graça não está com nada!

Father Figures

O chamado "filme pipoca", simplesmente para entreter.  E está-se logo a ver que se tem o Owen Wilson no elenco é porque é uma comédia.


Muito resumidamente, este filme trata da história dos irmãos Peter e Kyle Reynolds na procura do seu pai, depois de anos e anos a achar que o pai tinha falecido quando eles eram muito pequenos. Depois dessa descoberta vão os dois numa procura (atribulada!) do pai e, pelo caminho, descobrem que a mãe era uma "ganda" maluca e que só queria ramboia.  Se este fim-de-semana não tiverem mais nada para fazer, não estiverem colados a ver La Casa de Papel (como 90% das pessoas que conheço. Infelizmente eu já acabei e estou agora em versão "órfã de séries") ou entretidos com qualquer outro afazer, porque não dar uma oportunidade a este filme!


Últimos filmes vistos, a caminho dos Óscares

O primeiro um drama/romance, o segundo um filme de mistério/thriller. Ambos nomeados para as categorias de melhor filme, melhor ator e melhor realizador. Ainda me faltam ver dois dos nove filmes nomeados para os Óscares, por isso ainda não posso fazer as minhas apostas, se bem que já tenho um como preferido (3 cartazes à beira da estrada).
Vamos lá ver se este ano as minhas apostas são tão certeiras como o ano passado.

Três cartazes à beira da estrada

Ainda só vi quatro dos filmes que estão nomeados aos Óscares mas digo-vos que ponho as minhas mãos no fogo por este. Que brutalidade de história. Que soco no estômago. A história da luta de uma mãe enquanto está a fazer o luto da sua filha que morreu violada e queimada. Uma mãe que se lembra de colocar três cartazes na estrada a questionar as autoridades do porquê de ainda não ter sido encontrado o culpado da morte da sua filha. Se estiverem na dúvida a escolher o próximo filme a ver, optem por este e depois digam-me de vossa justiça.


Deixo-vos o trailer para vos aguçar o apetite.

The shape of water

Óscares à porta e eu gosto de estar a par dos filmes que estão nomeados nas principais categorias. Todos os anos por esta altura estou eu em versão devoradora de filmes. Dos que estão nomeados para melhor filme, para além deste já vi Lady Bird e Dunkirk.
Quanto a este filme, a interpretação da Sally Hawkins é muito boa (dai estar nomeada para melhor actriz), mas a história é um bocado estranha. Está bem que eu não sou pessoa muito dada a filmes de fantasia, e isso, por si só, já deturpa a minha opinião, mas esta história é um pouco... estranha! Não quer dizer que não tenha gostado, mas também não posso dizer que entrou para o leque dos meus filmes preferidos.
Para quem quiser saber mais, aqui fica o trailer do filme. Quiçá vocês o achem para lá de espectacular e eu é que sou uma insensível e limitada ao nível da sétima arte.

Bad Genius

Para fugir um pouco aos filmes ditos "comerciais", optei por este filme tailandês, para ocupar uma manhã em que a pestana abriu duas horas antes do despertador tocar. Comecei sem qualquer expectativa a ver o filme e mais com aquela ideia de "é só para ocupar o tempo até serem horas de me levantar" e acabei por gostar bastante do filme. Quando fui, por curiosidade, ver a classificação no IMDB percebi que não fui só eu a gostar do filme (7.8 em 10 é muito bom!).
Baseado em factos verídicos, conta a história de uma jovem sobredotada que, em conjunto com outros colegas e sobretudo com o seu rival, monta um esquema para copiar nos testes e nos exames de acesso à universidade, ao ponto de ganhar uma pipa de massa com esse esquema. Para quem quiser saber mais pode ver aqui.

Madame

E enquanto que a gripe não me larga, estou em versão non stop com os filmes. Desta vez a escolha foi para esta comédia romântica - Madame, um filme que se passa em Paris e retrata a história de um casal norte-americano e da sua empregada espanhola. Um filme que nos mostra que de um momento para o outro, e sem nada o fazer prever, a nossa vida pode dar uma grande volta. Um filme que mostra que para ser feliz não é só ter muito dinheiro, uma mansão e poder ir a restaurantes chiques e caros.
Fica o trailer para vos aguçar o apetite.

Lady Bird

A rentabilizar a gripe para pôr alguns filmes em dia e começar a preparar-me para os Óscares.

O que uma pessoa faz por amor

E depois de um dia longo qual era a coisa que mais me apetecia? Pois que não era enfiar-me numa sala de cinema cheia de nerds para ver Star Wars mas vai ter de ser. Fui praticamente obrigada pela irmã e pelo noivo e não tive como fugir. Ainda corri todos os amigos a ver se não se arranjava nenhuma festa de aniversário para ir, ainda vi se não poderia marcar nenhuma reunião para essa hora, mas não consegui arranjar nada. O ano passado calhou bem porque coincidiu com o aniversário do meu pai e então, foi a desculpa perfeita. Este ano lá vai ter de ser (e só não foi ontem porque eu tive o aniversário do meu afilhado mais velho e ele teve o aniversário do pai).
Se porventura forem ver Star Wars numa das salas de cinema em Braga e virem uma pessoa a dormir no meio de tantos nerds extasiados, a probabilidade de ser eu é muito elevada, já que devo ser a única pessoa que não está a sonhar com este dia há um ano!

Sem ideias para este domingo à tarde?

Aqui fica a sugestão de uma comédia para preencher a vossa tarde de domingo.

The Glass Castle

Dramas e filmes baseados em histórias reais são os que estão ali no meu top de preferências cinematográficas. Um filme que junta estas duas coisas é meio caminho andado para eu gostar. E foi o que aconteceu com este. Adorei o filme!  A personagem do pai é tão bem feita que, às tantas, aquilo já me estava a mexer com o sistema nervoso e apetecia-me entrar filme dentro, dar um abanão ao pai e dizer-lhe umas quantas verdades! O filme trata o percurso de vida de uma família disfuncional, com parcos recursos económicos e com uma visão nómada da vida. A juntar a estes três ingredientes, três filhos que tem de tomar conta de si porque os pais tem outras prioridades. 
Deixo-vos o trailer e a intenção de que seja uma boa recomendação para o serão de mais logo.

Eu quero continuar a gostar de palhaços...

Namorado gosta de filmes de terror, eu não.  Namorado quer ir ver na próxima quinta-feira a estreia do filme It, eu não. Namorado negoceia dizendo que o próximo filme sou eu que escolho, eu continuo a dizer que não. Namorado diz que faz muita questão que eu vá com ele, eu não! Namorado chantageia-me com as pipocas, eu digo que não às pipocas. Namorado é persistente e eu começo a ficar sem argumentos...
Como é que eu faço perceber ao namorado que este tipo de filmes não é de todo a minha onda, que não gosto de ir para uma sala de cinema para estar sempre a saltar da cadeira ou a tapar a cara com as mãos, que não gosto de ir para casa em sobressalto e com as imagens do filme em loop na minha cabeça!
Preciso urgentemente de um bom argumento para me escapar deste massacre!
Eu quero continuar a gostar de palhaços e este filme, pelo que já fui vendo, não contribui muito para isso... Help me...

Going in Style

Férias é sinónimo de filmes na cama. E como o corpo ainda está com o ritmo de trabalho e continuo a acordar cedo, vou-me ocupando a pôr os filmes em dia. E no que toca a filmes em tempo de férias, marcha tudo! Se não prestar, é só fechar os olhos e tentar dormir mais um pouco.  Este até vale a pena ficar acordada para ver até ao fim (ver trailer aqui).

Gifted

Um filme simples, bonito e sereno. Uma história sem muitos floreados sobre a vida de uma menina prodígio na matemática. Em Português chama-se Mary e eu recomendo!

Para verem mais informações aqui.

Dunkirk

A expectativa é muita, mas os bilhetes já estão comprados e mais logo vou ver se tudo o que falam deste filme se confirma!
Quem já viu? O que acharam?

Demain tout commence

Tão bom este filme! Tão bom é pouco. Excelente! Este filme retrata a história de um homem (daqueles que só pensam em mulheres) que de um minuto para o outro descobre que é pai e se vê com a criança nos braços sem saber muito bem o que fazer. A mãe, após lhe ter entregue a criança desaparece, o que faz com que ele corra à procura dela para lhe devolver a criança. Nessa procura infrutífera pela mãe descobre que afinal ter uma criança não é assim tão mau e que esta passou a ser o motivo principal dos dias (vida!) dele. Ao longo do filme vamos vendo a cumplicidade crescente entre a filha e o pai até que aparece novamente a mãe... E o final? O final é brutal! Arrebatador! Vejam o filme e digam-me se eu não tenho razão quando digo que o cinema francês é muito bem e que nem sempre se lhe dá o devido valor.

Noite de Óscares

Eu já vi todos os filmes que queria ver, já tenho os meus preferidos (e contrariamente a meio mundo, La La Land não é, de todo, o meu preferido), agora é só esperar para ver.










Se fosse eu a decidir:
Melhor filme: O Herói de Hacksaw Ridge
Melhor realizador: Mel Gibson (O Herói de Hacksaw Ridge)
Melhor ator: Casey Affleck, Manchester by the Sea
Melhor atriz: Natalie Portman (Jackie)
Melhor ator secundário: Dev Patel (Lion – A Longa Estrada Para Casa)
Melhor atriz secundária: Viola Davis
Melhor argumento original: Manchester by the sea
Melhor banda sonora: La La Land
Melhor guarda-roupa: Aliados ou Jackie
Melhor fotografia: La La Land ou Animais Noturnos

Há categorias que não vi nenhum dos filmes que estão nomeados. Mas, no geral, vi os principais. Desta lista de filmes que vi, talvez esteja a faltar "Silêncio". Pode ser que em breve o veja (e pelos comentários que fui lendo, poderá estar ali a rivalizar com La La Land ou Animais Noturnos para melhor fotografia).

Em aquecimento para os Óscares

O filme que deixou meio mundo a falar da genialidade de Tom Ford. Há quem seja muito bom em mais do que uma coisa e o Tom Ford é um deles.

Um filme intrigante, com cenas em que quase paramos de respirar à espera do que vai acontecer e com um final que surpreende por não se estar à espera. Um filme que me levou para a Internet à procura de opiniões e justificações. E quando assim é, é porque o filme não nos foi indiferente. Não sei se ainda vão a tempo de o apanhar nos cinemas mas fica a dica para de futuro, se tiverem a oportunidade, de o verem.

Arrival

Òscares à porta é tempo de ver as novidades. Olhando para a lista dos filmes nomeados para as principais categorias nem todos me suscitam assim graaaaande interesse. Comecei por este precisamente por isso (se uma pessoa começa pelos melhores, depois, por comparação, é tudo fraquinho). Um drama de ficção científica, um tanto ou quanto confuso. Para mim, que não sou particularmente fá deste género, não me encheu muito as medidas.

Instagram

Blogs que leio