Avançar para o conteúdo principal

Sono a quanto obrigas



Já não é de agora as minhas insónias, as minhas noites mal dormidas, os pesadelos, os acordares constantes e o acordar mais cansado do que aquilo que me deitei, ficando com a sensação que não descansei nada. Não tomo nada para dormir porque não quero ficar dependente de nenhum medicamento. Sei que em grande parte os meus problemas de sono estão relacionados com o meu feitio mais ansioso quando tenho alguma coisa que me preocupe (mesmo que seja uma coisa tão mínima que conscientemente nem tenho noção dela).

Estes últimos dias o sono já era mais do que muito. Já eram muitas noites seguidas a dormir mal. Já era uma falta de energia a roçar o limite da razoabilidade. Por isso estava na hora de tomar medidas extremas. Embora não tome medicamentos habitualmente para dormir, tenho um que o meu medico me receitou para estas situações extremas. Meio comprimido antes de dormir disse-me ele em tempos. Mas o meu desespero já era tanto que à duas noites tomei um comprimido inteiro. Em menos de dez minutos já eu tinha morrido para a vida, para só acordar oito horas depois. Não houve cá nada de acordar a meio da noite, pesadelos, dificuldades em adormecer, nada disso. Até aqui tudo bem, parece que entrei no paraiso. Teria sido se quando me levantei não estivesse como se tivesse levado anestesia geral e mal me conseguia manter de pé. Sem equilíbrio, tonturas, visão turva e um mal-estar geral. Depois de três tentativas falhadas de me levantar e me fazer à vida, avisei a pessoa com quem teria de me encontrar as 10 horas que tal seria impossível e fui-me deitar a ver se estes efeitos manhosos passavam. Uma meia horita passada e a coisa melhorou (finalmente).

Ontem à noite, e já tendo aprendido a lição, tomei só meio comprimido. Acho que ontem nem cinco minutos demorei a adormecer. Dormi mais de nove horas seguidas (já não me lembro quando foi a última vez que isso aconteceu), sem acordar a meio da noite, sem sonhos estranhos e melhor do que tudo, acordei impecável, sem efeitos secundários e feliz com a vida.

De facto, uma boa noite de sono é meio caminho andado para enfrentarmos o dia com outro ânimo, com outra energia e com outra alegria. E quem desvaloriza uma boa noite de sono e acha que isto de dormir mal é coisa de florzinhas é porque nunca passou por isto. Nunca sentiu na pele o cansaço a acumular-se por não dormir, a irritação a aumentar em relação a tudo e mais alguma coisa, a paciência a diminuir de forma vertiginosa, a vontade de fazer coisas a roçar ali o zero, os bocejos constantes ao longo do dia...

Comentários

Mensagens populares deste blogue

Pandora - como limpar

Para quem tem peças da Pandora, ou mesmo sem ser da Pandora mas sendo de prata já se foi apercebendo que com o uso as peças vão perdendo o brilho e ficando mais escuras devido a sujidade que se vai agarrando às pratas e devido também à transpiração ou ao mau uso das mesmas. É preciso termos alguns cuidados quando usamos pratas. 
Em conversa com um funcionário extremamente simpático e profissional da loja Pandora no BragaParque (Braga) reuni algumas dicas para partilhar convosco e aumentar a durabilidade das vossas peças no que concerne ao brilho e à limpeza. Algumas dicas são óbvias: não borrifar perfume diretamente sobre as peças, quando se usa cremes deixar a pele absorver totalmente o creme e só depois pôr as pulseiras/anéis/colares, não tomar banho com as pratas porque os champôs/gel de banho podem ter um PH que não sendo neutro pode afetar as pratas. Outra dica é quanto à limpeza que se pode fazer em casa. Antes de correrem a mandar fazer uma limpeza das peças ou mandar poli-las…

Voltar aos tempos de estudante (e sair da zona de conforto)

Às vezes digo, em tom de desabafo, que gostava de voltar a estudar. Talvez porque tenha a noção de que nunca se sabe tudo e de que é indispensável estar constantemente a estudar para conseguir desempenhar o meu trabalho com rigor e de forma atualizada. Gostava de fazer uma pós-graduação mas o tempo nem sempre chega e o investimento também não é propriamente barato. Fazer doutoramento já esteve mais em perspectiva do que está agora. Os objetivos de vida mudam e, sinceramente, acho que neste momento não teria disponibilidade (mental e de tempo) para o rigor, exigência e cedências que um doutoramento exige. Mas o bichinho de estudar, de reciclar e acrescentar novos saberes mantém-se. 
Neste momento estou a preparar uma apresentação para participar num congresso internacional, sobre a minha área profissional e sobre aquilo em que trabalho. E de repente senti-me novamente estudante: pesquisar, ler artigos, sublinhar, voltar a pesquisar, fazer esquemas e passar isso tudo para uma apresenta…

New in

Eu sei que não parece, mas o Verão está à porta. Isso e os saldos. E a women secret já está com promoções até 70% e eu já fui lá dar um saltinho e ver se havia alguma coisa que valesse a pena. Sinceramente, nem para os bikins e fatos-de-banho olhei. O calor e a praia parecem-me uma coisa tão distante que nem prestei atenção. Atendendo a que estamos basicamente no Inverno (as estações agora não se definem pelo mês em que estamos), andar agora a ver roupa de praia era quase como se no pico do calor do Verão andasse a ver camisolas de lã grossa com gola...
Quando estava na loja, perguntei-vos no Instagram qual das sandálias gostavam mais:  azuis ou laranja?

A escolha de vossa parte foi renhida. E da minha também! Inicialmente ia trazer as azuis, mas acabei por trazer as laranja. 
E o melhor de tudo foi o preço.
Antes: 24.99€ Agora: 11.99€ Vale de aniversário para descontar de 6€ - as sandálias ficaram-me pela módica quantia de 5.99€.
A isto se chamam boas compras!

Instagram

Blogs que leio