Avançar para o conteúdo principal

Modas (mas não para todos)



Eu até gosto de jeans com rasgos. Em dose certa e bem combinados até dá uma certa graça ao look. Agora a questão é quando há mais rasgos do que tecido. Por amor de Deus, haja um equilíbrio entre o que é aceitável e o que é deplorável. Eu se quiser ver celulite olho para a minha não preciso de ver a celulite alheia, pele flácida, pele roxa de frio tanto é o tamanho do rasgão  ou mesmo a depilação mal feita! 
Meninas/senhoras deste pais, não vão para a internet inspirar-se em imagens de mulheres esculturais, todas boazonas e bronzeadas com calças todas rasgadas mas que até lhes é aceitável (porque são boazonas como o milho e qualquer trapo lhes fica bem) e replicarem o que viram no vosso corpo com 1.55m e 65 quilos em cima. E se mostram pernas não precisam de andar com um decote até à cinta e um soutien dois números abaixo para as mamas ficarem a chegar ao pescoço! Fica a dica!

Comentários

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

A vida secreta dos nossos bichos

Quem disse que os filmes de animação são só para crianças? Eu gosto bastante de me perder num bom filme de animação. E este prometia muito. Tinha visto o trailer ainda antes de chegar aos cinemas e disse logo "quero muuuito ver este filme" e finalmente vi-o. O filme prometia muito, ainda por cima sendo dos mesmos produtores de "Gru - o Maldisposto", mas sinceramente fiquei um bocado desiludida. A história foi muito básica e o trailer foi muito bem feito porque reúne, a meu ver, as melhores cenas do filme. Uma pessoa vê o trailer, cria grandes expectativas e depois no final fica assim um bocado para o desiludida, à espera de mais...
Ver o trailer aqui.

Agora sim, venha Setembro!

Depois de me andar a entreter nas férias com Silicon Valley enquanto esperava pelas "minhas" séries, finalmente chegou Narcos! E desta vez com Pêpê Rapazote.  Não sei por esse lado como é que vão ser os vossos próximos serões, mas os meus vão ser a matar o vício, porque a ressaca já vai longa.

Há quem traga recordações das férias, eu trago ferradelas de melgas

Depois de oito dias de férias na praia, de regresso a casa para queimar os últimos cartuchos na arte de dolce far niente.  E dizem vocês: oito dias de praia deves estar preta! E eu respondo que não mas em contrapartida estou bem ferrada pelas melgas. São prioridades minha gente, cada um marca o corpo consoante as circunstâncias que tem!

Instagram

Blogs que leio