Avançar para o conteúdo principal

O meu estômago bate palminhas

Finalmente encontrei as stroopwaffles! yeahhhhhhhh

Após entrar em nove estabelecimentos comerciais de propósito à procura destas bolachas, depois de ter posto uma amiga em alerta à procura destas bolachas, depois de ter posto o namorado e a irmã na internet a fazer pesquisas à procura, encontrei um único pacote perdido nas prateleiras do Continente. Já tinha ido àquele continente na semana anterior e nada de bolachas mas desta vez encontrei um único pacote ao qual me amarrei logo como se fosse a última coca-cola no deserto! 

Não sei o que me levou a entrar novamente naquele hipermercado; já lá tinha estado e inclusive, a funcionária a quem pedi ajuda na altura disse-me que nunca tinha visto sequer aquelas bolachas e nem tinham em armazém, por isso possivelmente era produto descontinuado. Mas a persistência (e a gula) levaram-me a não desistir.



PS: Estas bolachas do Continente não são tãaaaao boas como as que comi na Holanda mas ficam lá perto. E entre ir novamente à Holanda buscar bolachas ou ir ao Continente, acho que vale a diferença. Entretanto, e como algumas pessoas me foram dizendo que também há este produto no Pingo Doce, assim que as encontrar e experimentar digo quais são as melhores.

Comentários

  1. Hmmm essas bolachas sao taooo boas. Infelizmente nao conheço as da Holanda mas essas tambem gosto muito ;)

    ResponderEliminar
  2. A minha comadre já me falou nelas, mas nunca encontrei!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu depois de muuuuuito procurar, finalmente encontrei-as!
      Valem a pena a procura!

      Eliminar
  3. Também há no Aldi... são bolachas do demooooooooooooo! Tão boas! AIIIIIIIII!!


    Um beijinho dourado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conheço esse hipermercado. Nem tenho nenhum nas redondezas...

      Eliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

O vazio das séries

Quem gosta de devorar séries certamente me entende.  Detesto aquele sensação que fica quando acabamos de ver uma série muito boa, com algumas temporadas e muitos episódios e depois vemo-nos obrigados a procurar outra série para preencher o vazio.
Desde que acabei "How to get away with murder" que ando assim para o perdida, a ver "séries às pinguinhas". Basicamente é pegar numa série nova e ver para ver até que ponto me prende. Já vi algumas boas desde então ("Westworld" e "Taboo") mas têm o problema de só ter ainda uma temporada. Por isso rapidamente estou no mesmo dilema: o que ver agora?
Para já, e até descobrir uma série assim para lá de espetacular (com muitos episódios e temporadas) e enquanto as 573 que sigo não lançam episódios novos, comecei a ver "13 Reasons why".
Esta série conta a história de uma adolescente que se suicidou, mas antes de o fazer deixa uma série de gravações em cassetes dirigidas às pessoas que motivaram a s…

IRS

Aquele assunto chato que sabes que te vai deixar mal disposta porque, como trabalhadora independente todos os anos pagas uma pequena fortuna atendendo à miséria que ganhas. 
Pior mesmo só quando a contabilista me diz "o valor que tu faturas por ano, se fosse um contrato por conta de outrem, aquilo que vais pagar era aquilo que irias receber". É sempre bom saber que, para além de não ter direito a nada como trabalhadora independente, sou novamente penalizada na hora de fazer o IRS.
E pronto, por esta altura do ano costumo andar assim, na azia por causa do IRS! (e eu ainda não fiz o IRS deste ano, mas já estou a antecipar o cenário)
Anda uma pessoa a tentar poupar uns trocos o ano todo para depois chegar a esta altura do ano e levar com um balde de água fria.

A vida secreta dos nossos bichos

Quem disse que os filmes de animação são só para crianças? Eu gosto bastante de me perder num bom filme de animação. E este prometia muito. Tinha visto o trailer ainda antes de chegar aos cinemas e disse logo "quero muuuito ver este filme" e finalmente vi-o. O filme prometia muito, ainda por cima sendo dos mesmos produtores de "Gru - o Maldisposto", mas sinceramente fiquei um bocado desiludida. A história foi muito básica e o trailer foi muito bem feito porque reúne, a meu ver, as melhores cenas do filme. Uma pessoa vê o trailer, cria grandes expectativas e depois no final fica assim um bocado para o desiludida, à espera de mais...
Ver o trailer aqui.

Instagram

Blogs que leio