Avançar para o conteúdo principal

O vazio das séries

Quem gosta de devorar séries certamente me entende. 
Detesto aquele sensação que fica quando acabamos de ver uma série muito boa, com algumas temporadas e muitos episódios e depois vemo-nos obrigados a procurar outra série para preencher o vazio.

Desde que acabei "How to get away with murder" que ando assim para o perdida, a ver "séries às pinguinhas". Basicamente é pegar numa série nova e ver para ver até que ponto me prende. Já vi algumas boas desde então ("Westworld" e "Taboo") mas têm o problema de só ter ainda uma temporada. Por isso rapidamente estou no mesmo dilema: o que ver agora?

Para já, e até descobrir uma série assim para lá de espetacular (com muitos episódios e temporadas) e enquanto as 573 que sigo não lançam episódios novos, comecei a ver "13 Reasons why".

Esta série conta a história de uma adolescente que se suicidou, mas antes de o fazer deixa uma série de gravações em cassetes dirigidas às pessoas que motivaram a sua decisão. Após o suicídio, cada uma dessas pessoas recebe as gravações onde ouvem a voz dela a relatar a contribuição que cada uma teve na sua decisão até se descobrir de quem foi, afinal, a culpa!

Para já ainda só vi dois episódios (não que a série seja aborrecida, mas tenho adormecido com facilidade, o que não me permitiu avançar mais) e para já estou curiosa para perceber o que se vai passar a seguir.


ps: Sugestões de boas séries, de preferência que já estejam finalizadas, são bem-vindas!

Comentários

  1. Não tenho seguido séries desde o mentalista. Acho que tenho de começar.

    ResponderEliminar
  2. Ando a rever uma favorita de há uns anos: Fringe.



    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagramTwitter

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

Os interiores para o grande dia #2

Mulherio desse lado, o que me dizem deste robe para o grande dia? Não queria o típico robe branco, de cetim, curto e a dizer "bride" nas costas (que me desculpe quem acha piada a isso, mas eu acho só piroso!). Embora não me vá pôr cheia de rendas e transparências, porque no dia é capaz de não dar muito jeito (com a quantidade de pessoas que vai andar à minha volta... maquilhadora, cabeleireira, fotógrafos, família, ...), este até achei piada e, a pensar já lo lado rentável, vejo-me a usá-lo depois.

Os interiores para o grande dia

Na procura da lingerie perfeita para o grande dia, acabei por chegar a uma conclusão: a lingerie é exatamente igual à lingerie sem ser para noiva, com o único pormenor da cor (que anda invariavelmente à volta dos brancos, pérolas e rosa seco), mas o preço é três ou quatro vezes superior. Então se formos para robes e chinelos de quarto, a coisa dispara absurdamente...
A título de exemplo, deixo-vos este robe da marca La Perla. Se calhar sou eu que sou muito forreta, mas 958€ (!!!!!) por um robe parece um pouquinho exagerado (a menos que o interior do robe seja forrado a notas)...
Assim de repente, e por 958€ há uma lista infindável de outras coisas muito mais interessantes para investir o dinheiro do que um simples robe (que se procurarmos bem nas lojas do costume, somos capaz de encontrar algo muito semelhante por menos de, vá... 50/60 euritos. E mesmo a esse preço já somos capazes de achar um bocado carote).

Eu bem digo que cães e crianças pequenas é (quaaaase) a mesma coisa

Sobretudo na hora de ir para a cama! 
Se os pais se queixam que depois de terem filhos perdem espaço na cama porque os filhos lhes invadem a cama ocupando mais de metade do espaço, isso é porque não tem nenhum labrador que prefere dormir na cama da dona do que na cama dele e que gosta de se deitar na horizontal em cima das almofadas ou então em cima da dona em versão botija de água quente gigante. Se em dias de frio isso até tem uma parte boa, o que é certo é que às vezes até fico com as pernas dormentes de não me conseguir mexer. E olhem que a minha cama é de casal e há espaço mais do que suficiente para mim e para o cão, mas ele gosta de proximidade, muuuuita proximidade...




Instagram

Blogs que leio