Avançar para o conteúdo principal

O vazio das séries

Quem gosta de devorar séries certamente me entende. 
Detesto aquele sensação que fica quando acabamos de ver uma série muito boa, com algumas temporadas e muitos episódios e depois vemo-nos obrigados a procurar outra série para preencher o vazio.

Desde que acabei "How to get away with murder" que ando assim para o perdida, a ver "séries às pinguinhas". Basicamente é pegar numa série nova e ver para ver até que ponto me prende. Já vi algumas boas desde então ("Westworld" e "Taboo") mas têm o problema de só ter ainda uma temporada. Por isso rapidamente estou no mesmo dilema: o que ver agora?

Para já, e até descobrir uma série assim para lá de espetacular (com muitos episódios e temporadas) e enquanto as 573 que sigo não lançam episódios novos, comecei a ver "13 Reasons why".

Esta série conta a história de uma adolescente que se suicidou, mas antes de o fazer deixa uma série de gravações em cassetes dirigidas às pessoas que motivaram a sua decisão. Após o suicídio, cada uma dessas pessoas recebe as gravações onde ouvem a voz dela a relatar a contribuição que cada uma teve na sua decisão até se descobrir de quem foi, afinal, a culpa!

Para já ainda só vi dois episódios (não que a série seja aborrecida, mas tenho adormecido com facilidade, o que não me permitiu avançar mais) e para já estou curiosa para perceber o que se vai passar a seguir.


ps: Sugestões de boas séries, de preferência que já estejam finalizadas, são bem-vindas!

Comentários

  1. Não tenho seguido séries desde o mentalista. Acho que tenho de começar.

    ResponderEliminar
  2. Ando a rever uma favorita de há uns anos: Fringe.



    Ms. Telita | Telita LifeStyleFacebookinstagramTwitter

    ResponderEliminar

Enviar um comentário

Mensagens populares deste blogue

"Não fui eu"

E aos 6 meses, eis que o Sr. Benny se lembrou de aprontar das suas e fazer a sua primeira grande asneira dentro de casa. E o que é que ele se lembrou de fazer? Pois que devia estar entediado na sua vidinha de come-dorme-brinca-come-dorme-brinca que se lembrou de testar os dentes numa das pernas de madeira da mesa da cozinha!  O que me assusta agora não é a mesa da cozinha, é saber que os meses de frio e chuva estão a chegar, e ele vai passar grande parte do dia dentro de casa... E se até agora o deixava dentro de casa descansadinha da vida, sem me preocupar se ele iria ou não fazer alguma asneira, depois desta já não é bem assim... Sempre ouvi dizer que o que custa é a primeira vez: a primeira vez que arranhamos o carro novo, a primeira vez que deixamos cair o telemóvel ao chão, a primeira vez que o cão roí qualquer coisa dentro de casa... Mas eu prefiro não saber qual é a sensação uma segunda vez! Vou rezar ao santinho dos cães bem comportados e pedir que isto tenho sido uma vez sem…

Coincidência feliz e sorriso na cara

Coincidência feliz é eu estar a sair de um local de trabalho em direção a outro local de trabalho e pelo caminho, sem estar a contar e sem ser suposto, cruzar o meu carro com o carro do namorado, em plena estrada, e mandar-mos um beijinho um ao outro tal como fazem as crianças quando mandam um beijinho a alguém e sopram para que chegue a bom porto! E assim se fica com um sorriso parvo na cara e borboletas na barriga e a certeza de que tenho o homem certo ao meu lado.

Eu quero continuar a gostar de palhaços...

Namorado gosta de filmes de terror, eu não.  Namorado quer ir ver na próxima quinta-feira a estreia do filme It, eu não. Namorado negoceia dizendo que o próximo filme sou eu que escolho, eu continuo a dizer que não. Namorado diz que faz muita questão que eu vá com ele, eu não! Namorado chantageia-me com as pipocas, eu digo que não às pipocas. Namorado é persistente e eu começo a ficar sem argumentos...
Como é que eu faço perceber ao namorado que este tipo de filmes não é de todo a minha onda, que não gosto de ir para uma sala de cinema para estar sempre a saltar da cadeira ou a tapar a cara com as mãos, que não gosto de ir para casa em sobressalto e com as imagens do filme em loop na minha cabeça!
Preciso urgentemente de um bom argumento para me escapar deste massacre!
Eu quero continuar a gostar de palhaços e este filme, pelo que já fui vendo, não contribui muito para isso... Help me...

Instagram

Blogs que leio